ASSOVEPAR é contrária a adoção da placa Mercosul

A Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado Paraná (Assovepar) torna pública sua manifestação contrária a obrigatoriedade da placa Mercosul, que está valendo para o primeiro emplacamento, no ato da transferência de propriedade ou troca de município. Segundo a entidade, ainda não há comprovação efetiva de que trará benefícios, ao contrário, irá gerar custos altos para o consumidor, para as revendas e concessionárias de veículos.

Os lojistas de veículos seminovos e usados são contrários a qualquer mudança que gere aumento para o consumidor, ou ainda que resulte em perda de tempo para comerciantes ou proprietários de veículos. Estamos num momento econômico e tecnológico que nos exige cada vez mais agilidades no processo, e essa medida eleva custos e tempo. Para vistoriar o veículo, leva de 2 a 4 horas. Temos que observar ainda como ficam os consumidores que residem em cidades pequenas, onde não há vistorias. Essa decisão causa prejuízos não somente aos lojistas, mas a toda sociedade.

Nos mobilizamos e apoiamos o posicionamento do Sindicato dos Despachantes do Estado do Paraná (Sindepar), que também conta com apoio da Fenabrave-PR e Sincodiv.

Os representantes dos segmentos envolvidos e a sociedade precisam ser ouvidos e atendidos em suas solicitações quanto a análise técnica e jurídica de sua implementação.

Diretoria da Assovepar

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu