Editora Positivo lança guia de acessibilidade

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992. A partir de então, a cada ano, no dia 3 de dezembro, é estimulada uma reflexão sobre os direitos da pessoa com deficiência. Essa iniciativa tem como objetivo conscientizar a sociedade para a igualdade de oportunidades a todos os cidadãos; promover os direitos humanos; conscientizar a população sobre assuntos de deficiência; celebrar as conquistas da pessoa com deficiência e pensar a inclusão desse segmento na sociedade, para que ele influencie os programas e políticas que o afetem.

Considerando a magnitude e a amplitude do tema, a Editora Positivo, em parceria com a Universidade Positivo, lança, em dezembro de 2018, o guia de acessibilidade "Hora de Incluir: primeiros passos para a inclusão no contexto educacional", voltado a pais e educadores de pessoas com deficiências sensoriais e motoras, síndromes, altas habilidades/superdotação ou transtornos de desenvolvimento. "Como um dos princípios básicos dos Direitos Humanos, a acessibilidade se insere no contexto mais amplo da promoção da igualdade", argumenta o diretor editorial da Editora Positivo, Joseph Razouk Junior.

O guia se propõe a apoiar a comunidade educacional com informações atualizadas e sugestões práticas de como promover a inclusão, favorecendo a conscientização e estimulando uma ação pró-ativa em direção à construção de uma sociedade inclusiva solidária, que possibilite igualdade de oportunidades. "Como educadores, nosso papel é formar cidadãos que saibam conviver, respeitar e aprender com a diversidade", ressalta Razouk Junior.

A inclusão escolar é um direito estabelecido em diversos documentos legais, tanto pelo viés do direito à educação quanto pelo direito à acessibilidade. "Mais que uma questão teórica, a presença destes alunos confirma o caráter inclusivo das salas de aula e demais espaços educacionais, uma vez que as instituições educacionais refletem a diversidade humana que existe em nossa sociedade", afirma a Professora Karina Tomelin, uma das participantes do projeto. Segundo ela, para ser de fato um ambiente escolar/acadêmico, a instituição deve proporcionar uma educação de qualidade e com livre acesso para todos. "É necessário que escolas e instituições de ensino superior modifiquem os espaços, as metodologias e a cultura institucional preparando-se para a recepção de estudantes em quaisquer situações. Nesse sentido, falamos de um local acessível e inclusivo".

O material traz orientações específicas para cada público que se relaciona com as crianças, além de um passo-a-passo de como receber essa criança na escola. "As ações para as pessoas com deficiência, transtornos, síndromes e altas habilidades precisam ser efetivas e realmente promover a inclusão, atendendo à diversidade. Para além de meramente cumprir questões legais, há necessidade de que essas ações sirvam para promover a igualdade e a equidade entre todos", reforça Karina.

O diretor editorial da Editora Positivo, Joseph Razouk Junior, conclui: “o guia se apresenta como um compêndio de informações e dicas, mas está longe de ser o final. É apenas mais uma maneira de contribuir com a sociedade, chamar a atenção e dar norte para situações que nos deparamos cotidianamente. Mais importante do que o resultado é o processo, portanto este documento sempre estará em crescimento e evolução, e sempre será motivo de reflexões acadêmicas. Afinal, a cada dia nos deparamos com novas e inusitadas necessidades e precisamos encontrar o melhor caminho para que possamos ser individualmente cada um, mas, ao mesmo tempo, para que possamos construir um coletivo e uma sociedade que prime pela igualdade, pela reciprocidade e pela inclusão".

Em versão digital, está disponível a todos os interessados no site editorapositivo.com.br/horadeincluir

 

Sobre a Editora Positivo

Fundada há 39 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Editora especializou-se ao longo dos anos e tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura, sistemas de ensino e dicionários. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Mais de 800 mil alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com