Simpósio gera mais de R$1 mi na economia ponta-grossense

Sinect contou com cerca de 700 participantes em quatro dias de evento

Mais uma vez, Ponta Grossa recebeu uma edição do Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia (Sinect), evento realizado pela UTFPR, Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia e Funtef-PR entre os dias 27 e 30 de novembro no campus universitário.

Apoiado pelo Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau, através da Lei Municipal de Incentivo ao Turismo de Ponta Grossa (Nº12.066/14), o Sinect contou com patrocínio dos associados Palladium Shopping Ponta Grossa, Premium Vila Velha Hotel e Hotel Planalto.

Segundo Marcelo Amaral, gerente executivo do Convention, o Simpósio é mais um grande e importante evento para a cidade e já faz parte do calendário anual. “Cerca de 700 participantes estiverem na atividade e eram pessoas de diversos estados, o que é muito benéfico para a região, pois movimenta bares, restaurantes, o transporte, hotéis e centros comerciais”.

O impacto econômico médio, baseado no índice de gasto diário do turista de eventos fornecido pelo Ministério do Turismo, foi de aproximadamente R$1 milhão durante quatro dias, o que, mais uma vez, mostra a importância de atividades científicas na cidade.

Eram acadêmicos, pesquisadores e professores de dez estados, como do Rio Grande do Sul e Roraima, que estavam na atividade com objetivo de criar um espaço para estudo, reflexão, troca de experiências, intercâmbio de pesquisas e debates para analisar a sala de aula como objeto de investigação através das contribuições da ciência e da tecnologia.

Segundo Eloiza Avila de Matos, presidente do Sinect, a realização do evento aconteceu novamente pelo crescimento do Simpósio ao longo das edições, em 2009 cerca de 120 pessoas estavam presentes e neste ano eram 700. “Prevemos que teremos de 2 mil a 2.500 participantes em breve e a expectativa é que isso seja cada vez maior, havendo a possibilidade de sairmos da UTFPR e realizamos a nova edição em um local com maior suporte a nossa demanda”.

Ainda de acordo com a presidente, na 7ª edição o Sinect se tornará internacional e já há conversas com importantes nomes do cenário acadêmico, o que chamará a atenção da comunidade acadêmica. “Neste ano nós já trabalhamos com palestrantes internacionais, um da Universidade de Kent no Ohio, professor John Hoornbeek, do INSA Lyon, o professor Guy Athanaze, a professora Ester Donoso que é do Chile e o professor Leonardo Perez da Universidade do Chile”.

O evento contou também com roteiros de passeios aos atrativos turísticos de Ponta Grossa, promovidos pelo Núcleo de Turismo Receptivo da cidade, ao Parque Estadual de Vila Velha e Buraco do Padre, e ação socioambiental com o Pegaí.

Também aconteceu arrecadação de brinquedos, livros, lixo eletrônico e, para reduzir o impacto ambiental causado pela atividade, os participantes receberam copos retornáveis.

 

O que é a Lei de Incentivo ao Turismo

A Lei Municipal 12.066/14 é um benefício fiscal aos eventos gerados de fluxo turístico em Ponta Grossa através de patrocínio com recursos de uma parte do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Pessoas físicas e empresas podem destinar parte do Imposto ao evento, que arrecada até R$50 mil a partir do custo total de sua realização.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu