“Bleasure” é a nova tendência do mercado de viagens de negócios, explica a CWT

Viagens de négocios podem ser exaustivas devido ao tempo de voo, os fusos horários, a mudança climática repentina, entre outros. Mas é possível dar um novo aspecto a esse cenário. É com esse objetivo que a Carlson Wagonlit Travel (CWT), empresa global de gerenciamento de viagens, tem trabalhado para proporcionar aos clientes uma experiência de viagem ainda mais tranquila e eficaz. O objetivo da CWT é oferecer novas opções para o “Bleasure”, conceito de oferta que une business e pleasure (prazer, em inglês) e tem ampliado o significado de viajar a negócios, transformando a indústria.

Segundo Fernando Michellini, Country Director da CWT no Brasil, a linha de raciocínio seguida na atualidade pelas companhias visa garantir uma liberdade ainda maior para os colaboradores, em troca de disponibilidade e engajamento. “Os trabalhadores estão com uma direção mais informal, onde o trabalho não é minimizado, mas realizado de maneira menos maçante”.

O processo de integração para balancear negócios e lazer tem se tornado natural. Aos poucos, vem tomando conta do ecossistema empresarial, resultando em inovações para manejar, conduzir e avaliar o trabalho. “A cultura corporativa vem tomando novas formas e estas acabam de se espalhar para a indústria de viagens”, afirma Michellini.

A tendência do Bleasure proporciona aos viajantes a possibilidade de conhecer uma nova cultura, ampliar os horizontes e sentir-se motivado para trabalhar. “Se a empresa tem uma reunião de negócios em um destino inusitado, por exemplo, por que não permitir que o executivo tenha um ou dois dias extras para conhecer a cidade?”, aponta Michellini. “É sabido que investimos melhor nossas energias quando temos oportunidades de descontração e, sem dúvida, isso gera melhores resultados quando combina-se momentos de pouca pressão à equação”, diz.

 

 

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu