CRCSC promove palestra sobre Tecnologia na Contabilidade

Presidentes do CRCSP, Márcia Ruiz Alcazar, e do CRCSC, Marcello Seemann

As novas tecnologias têm mudado a maneira como muitos negócios funcionam. Pensando nisso, o Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRCSC) promoveu, na última quarta-feira, 20 de fevereiro, a palestra “A Tecnologia a Serviço da Contabilidade”, ministrada pela presidente do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRCSP), Márcia Ruiz Alcazar.

Abrindo o evento, o presidente do CRCSC, Marcello Seemann, atentou para os novos desafios da profissão, principalmente para os jovens contadores. “Os profissionais de Contabilidade precisam se adaptar à evolução da tecnologia para atender às exigências do mercado, assim como as necessidades dos clientes”, ponderou.

No campo da Contabilidade, em meio a essa nova revolução industrial, que está impactando todas as cadeias produtivas, é comum certo receio dos profissionais de serem substituídos por máquinas. “Estamos vivendo um mundo novo, onde as relações humanas se transformam muito em função das provocações que a Tecnologia traz, afirmou Márcia Alcazar, enfatizando que “talvez a Contabilidade seja a profissão que mais tenha se transformado nos últimos tempos”.

Segundo a convidada, o modelo convencional de organização e de processamento de informações será substituído, assim como aconteceu com o sistema financeiro e com os meios de pagamento. “O serviço contábil também compõe a indústria de serviços financeiros”, disse.

Para ela, “a moeda do futuro é a informação e, por isso, é preciso aproveitar as inúmeras oportunidades” de prestação de serviços, uma vez que a tecnologia pode oferecer uma série de benefícios ao mercado contábil, como serviços e softwares idealizados para aumentar a produtividade e otimizar o trabalho do contador.

Evento reuniu vários profissionais de Contabilidade

Tecnologia e Contabilidade andam juntas e as disrupturas digitais fazem parte da realidade dos contadores. É preciso desenvolver soluções inovadoras, que substituam processos manuais, para incentivar a relevância da profissão. No entanto, referindo-se ao Novo Código de Ética Profissional do Contador, Márcia salientou que “a atividade intelectual das Ciências Contábeis não pode ser tratada como um produto de mercado”.

Dezenas de internautas puderam acompanhar a palestra, que foi transmitida, ao vivo, pela Internet. Alguns usuários da rede participaram enviando mensagens: “De extrema relevância encontros como esses, não só técnico mas de gestão”, comentou Vanessa Souza, via YouTube. “Esse é o caminho único que o verdadeiro profissional da Contabilidade deve trilhar”, disse Adilson Cordeiro. “Parabéns ao CRCSC por trazer essa reflexão”, finalizou Cristiane Ceolato, outro espectador online da palestra.

A palestra está disponível, na íntegra, no canal do CRCSC no YouTube. (www.youtube.com/Eventos CRCSC)

Últimas notícias