Cuidar da saúde visual dos filhos é lição de casa para os pais na volta às aulas

Grande parte do aprendizado infantil tem a visão como o sentido mais importante. Porém, apenas uma pequena parcela das crianças é levada aos testes oftalmológicos em idade escolar. Para aquelas crianças que se utilizam de óculos é tempo de fazer uma revisão para verificar se as lentes não estão riscadas ou as armações “desconjuntadas”. Para a meninada que nunca passou por um teste de visão, a hora é agora.

No início do período escolar, muitas crianças que frequentam o ambiente pela primeira vez podem passar por dificuldades de aprendizado, justamente por problemas oculares não percebidos. Logo, são reconhecidas por colegas, professores e, até, pelos próprios pais, como preguiçosos, desatentas e com pouco interesse em aprender.

Solucionar erros de refração, imperfeições óticas (miopia, hipermetropia e astigmatismo) que impedem o olho de focar adequadamente a luz causando visão turva, mas que podem ser corrigidos com o uso de óculos ou lentes, é o primeiro passo para assegurar que a criança está visualmente apta para a escola.

É necessário estar atento aos sinais que as crianças dão em suas diversas fases da vida. Também é imprescindível encaminhar seu filho a um exame de vista para eventuais problemas oculares possam ser corrigidos sem interferir no seu desempenho dentro da sala de aula.

Alguns sinais de alerta

  • Sentar muito perto da TV ou segurar o livro próximo dos olhos
  • Abrir e fechar os olhos insistentemente
  • Inclinar a cabeça para enxergar melhor
  • Esfregar os olhos com frequência, sem estar com sono
  • Proteger os olhos quando exposto à luz
  • Lacrimejamento excessivo
  • Fechar um olho para enxergar melhor
  • Evitar atividades que exijam visão de perto ou distinção de cores
  • Se queixar diariamente de dores de cabeça após a leitura

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com