Gamificação, engajamento, super-heróis e solidariedade para ajudar quem passa frio

“Guerra dos Agasalhos” é o tema do game que marca a presença da DB1 na campanha do agasalho deste ano
Até o momento mais de 70 kg já foram arrecadados

O Grupo DB1, formado por empresas de tecnologia sediadas em Maringá – PR, Presidente Prudente – SP e, em breve, Campo Grande – MS, acredita que tudo pode ser melhorado e tem como uma das missões, descobrir como isso pode ser feito. A empresa cria mecanismos de gestão de pessoas, promovendo o envolvimento e o engajamento dos colaboradores, incentivando a competitividade saudável e oferecendo condições de atuação que posicionam o Grupo entre os melhores lugares do país para se trabalhar e se orgulha dos profissionais apaixonados pelo que fazem, o que resulta em inúmeros certificados de reconhecimento de eficiência.

Mas o Grupo DB1 também tem como um de seus valores a preocupação como o que acontece ao redor e em impactar positivamente todos com quem se relaciona. Procura utilizar a sua “matéria prima”, a tecnologia, para descobrir como melhorar tudo o que possa ser melhorado e criar mecanismos para participar e contribuir na resolução de parte das necessidades da sociedade em que está inserida.  

Todos os anos, o Grupo DB1 participa da campanha do agasalho de uma maneira especial. Em 2019 o cinema é o mote, a campanha é baseada na sequência Avengers e ganhou o nome de “Guerra dos Agasalhos”.

A ação foi baseada em gameficação e os colaboradores formaram seis times, batizados em homenagem aos super-heróis da série: Capitã Marvel, Hulk, Homem de Ferro, Pantera Negra, Capitão América e Thor. Para o clima de competição em prol de quem precisa, os colaboradores da empresa precisam derrotar vilões Loki, Ultron e, no terceiro, Thanos.

Os times de super-heróis competem para a ver quem arrecada maior quantidade de roupas. Este ano a arrecadação é medida e pontuada em quilos e não em peças. O primeiro vilão só é derrotado quando todas as equipes doam. A cada doação a vida do vilão diminui. Loki foi o primeiro derrotado, já que já foram arrecadados mais de 70 quilos de agasalhos pela campanha.

O game funciona da seguinte maneira: no Grupo DB1, cada crachá de colaborador tem um ID único, e desta forma, o CORDS – Comitê de Responsabilidade e Desenvolvimento Socioambiental da DB1 – usou o sistema utilizado na catraca de entrada para cadastrar os participantes da campanha. Em um dos corredores da empresa fica um monitor de TV com o leitor de crachá. Ao passar o crachá pelo leitor, o colaborador é direcionado para uma equipe específica e começa a participar.

No ano passado o CORDS também fez uma ação similar ao dividir a equipe em seleções da Copa do Mundo da Rússia. Na campanha desse ano, o CORDS mudou totalmente a tecnologia por trás da ação, trabalhando com PHP no backend (laravel), no frontend foi utilizado Vuejs e Docker para hospedagem do sistema.

Ao passar o crachá no leitor ao lado da TV, cada colaborador pode verificar a pontuação, quantos quilos a equipe já doou e o ranking completo.

Na primeira semana da campanha 313 participantes foram cadastrados, com 53 pessoas em cada time. Isso significa mais de 90% de adesão à Campanha, um dos objetivos do formato desta ação.

Quem trabalha em sistema de home office faz o cadastramento via e-mail solicitando a participação na campanha, o CORDS sorteia o time em que ele será inserido e quando o colaborador for à sede em Maringá poderá levar as doações ou registrar a doação por fotografia.

Em Campo Grande – MS e Presidente Prudente – SP, onde há representação do Grupo DB1 também está acontecendo a mesma ação, com o mesmo sistema de crachá e divisão dos times. 

Entidades como o Asilo São Vicente de Paulo, de Maringá, que já foram beneficiadas no ano passado, voltam a receber doações este ano. Outras instituições também vão receber doações proporcionadas pelo aumento da equipe de colaboradores e adesões, o que resulta em mais peças de roupa. 

Em 2018, a DB1 arrecadou nada menos que 4.122 peças de roupa – 350% a mais do que foi arrecadado em 2015, primeiro ano da campanha. O time “Rússia” foi o grande campeão da competição, mas quem ganhou mesmo foram: a Casa de Repouso Aliança com Deus, que auxilia pessoas com necessidades especiais; o Lar Preservação da Vida, que dá apoio a gestantes e crianças; o Centro Social da Prefeitura de Presidente Prudente; o Projeto Espalhe o Amor e o Albergue de Maringá, que ajudam moradores de rua.

Comments are closed.