Aplicativo de apoio ao tratamento de disfunções pélvicas chega ao mercado

shutterstock_573890452

Vice-presidente da Associação Brasileira de Fisioterapia Pélvica Gustavo Latorre comenta sobre as vantagens e agilidade do iPelvis

Comando News – Lançado no último Congresso Internacional Inspirar de Fisioterapia Pélvica, realizado em Curitiba, em maio de 2019, o aplicativo iPelvis começou a ser testado por profissionais da fisioterapia e sendo recomendado para auxiliar no tratamento de diversas disfunções pélvicas.

Desenvolvido com base nos mais modernos conceitos de exercícios lúdicos, o App incluí vídeos, propõe exercícios, dissemina informações e abre espaço para interação entre paciente e a equipe multidisciplinar que atende casos de incontinência urinária, fecais, prolapsos e problemas de sexualidade. Ao acessar o aplicativo, o paciente encontra várias rotas de tratamento, que devem ser escolhidas depois do diagnóstico clínico realizado por um médico especializado. “Na fisioterapia pélvica o importante é manter o tratamento depois da alta. Toda pesquisa hoje está voltada para a manutenção. O iPelvis foi desenhado com essa finalidade, de fácil entendimento, muito completo”, destaca Gustavo Latorre, vice-presidente da Associação Brasileira de Fisioterapia Pélvica (ABFP).

De forma individualizada, discreta e segura, o aplicativo pretende colocar na palma da mão de pacientes, médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, sexólogos e psicólogos uma ferramenta simples, prática e não invasiva de tratamento das disfunções.  Hoje, estima-se que 20 milhões de brasileiros, ou 10% da população, sofrem de problemas pélvicos. As incontinências urinárias atingem 1 a cada 3 mulheres, 1 a cada 5 homens e mais de 40% dos idosos (homens e mulheres acima dos 60 anos).

Devido a importância das incontinências urinárias, o aplicativo tem um sistema interno considerado um dos mais inteligentes no mundo. A incontinência urinária na gravidez e pós parto, após cirurgia de câncer de próstata, no pré ou pós parto de cirurgias ginecológicas, nas diversas fases da vida do homem e da mulher com suas facetas diferentes como urgência, perda aos esforços ou mista que é a combinação da perda aos esforços e com a urgência.

Com conselhos de higiene de vida adaptado para o seu problema e com exercícios de acordo com a necessidade, no aplicativo o paciente é direcionado para o tipo de incontinência urinária e para a fase da vida que se encontra.

“A incontinência urinária pode trazer problemas psicológicos e sociais, como diminuição da autoestima, queda no rendimento profissional e dificuldades de relacionamento conjugal e sexual. Também é considerada o primeiro fator de exclusão de idosos do convívio familiar. Causa de queda e fratura de colo de fêmur no idoso”, explica   Dra. Maura Seleme, p.h.d. em fisioterapia pélvica e criadora do iPelvis.

Causas da incontinência urinária

As principais causas da incontinência urinária são conhecidas, dentre elas: o enfraquecimento da musculatura pélvica, prática de esportes de alto impacto, partos feitos sem o devido preparo da musculatura pélvica, obesidade e pelo envelhecimento da musculatura, que ocorre com maior intensidade a partir da menopausa. No homem um dos fatores mais importantes é o câncer de próstata. O envelhecimento causa problemas urinárias tanto em mulheres quanto homens

Outras disfunções pélvicas

Os prolapsos, a incontinência fecal, as disfunções sexuais são igualmente graves e levam a depressão e exclusão social. Quando Maura Seleme atrasou quase um ano o projeto levando em consideração outras disfunções e aumentando o número de pessoas que podem ser beneficiadas com o aplicativo, a fisioterapeuta sabia que o investimento seria muito grande, a dedicação tempo completo e o cuidado em cada detalhe aumentou. Agora, ela lança no mercado um projeto único já com publicação internacional e que pode ajudar milhões de pessoas no Brasil.  “ O IPelvis é único, raro, científico, mas seguro e eficaz, afirma Maura, que contou com o apoio de pessoas extremamente capacitadas desde a estruturação, conteúdo e  design simples e inteligente.

Sobre Maura Seleme

Maura_Seleme_2

A fisioterapeuta e palestrante internacional Maura Seleme é doutora pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, fisioterapeuta especialista em Uroginecologia, Urologia e Saúde da mulher –  Brasil e fisioterapeuta especialista em Fisioterapia Pélvica na Holanda, com diploma reconhecido na França, Brasil e Holanda, professora e coordenadora do curso de Fisioterapia Pélvica Modular Internacional- Faculdade Inspirar Curitiba e São Paulo Santo – Brasil. Além de embaixadora do Setor de Fisioterapia da Associação Internacional de Uroginecologia e autora de diversos artigos e publicações internacionais.

Sobre o iPelvis

Ipelvis_imagem

O iPelvis é o único aplicativo de fisioterapia pélvica do mundo que é totalmente individualizado, com conteúdo em vídeos e imagens exclusivas desenvolvidas por um time de renomados especialistas no assunto composto pela Dra. Maura Seleme, p.h.d em fisioterapia pélvica; pelo epidemiologista holandês Bary Berghmans e pela ajuda de fisioterapeutas e médicos renomados que desenvolvem teses e artigos como Cláudia Mueller, Gustavo Latorre, Rogério de Fraga.

Como adquirir

O App está disponível para download para os sistemas operacionais em iOS e Android a um valor de R$ 29,90 por ano. Mais informações sobre o iPelvis estão disponíveis em http://ipelvis.com/

efolder-ipelvis-facebook-normal-960x960

COMPARTILHE ISSO:

Comments are closed.