Buenos Aires para todos os bolsos

Confira dicas para fazer a viagem internacional caber no orçamento

Capital da Argentina é ótima opção para uma viagem internacional. Na foto, a Casa Rosada. Foto: divulgação

A segunda maior área metropolitana América do Sul, atrás apenas de São Paulo, Buenos Aires é um dos destinos preferidos dos brasileiros. A curta distância, a valorização do real sobre o peso, as oportunidades de compra e, claro, a arquitetura e atrações culturais são alguns dos motivos que tornam a capital da Argentina muito requisitada.

PARA TODOS OS BOLSOS

Comprando as passagens
Uma dica importante é fazer pesquisar. Alguns lugares oferecem inclusive pacotes incluindo hospedagens. Faça uma simulação aqui!

Transporte na cidade

A escolha do aeroporto te ajuda na hora de programar o orçamento. Existem dois principais aeroportos na cidade: O Ezeiza e o Aeroparque. O Ezeiza fica aproximadamente 50 minutos do centro e é possível pegar um táxi ou o ônibus da Tienda Leon para chegar até lá. O ônibus é quase três vezes mais barato, mas se optar pelo táxi a sugestão é acertar o preço antes do embarque para evitar surpresas desagradáveis.

Já o Aeroparque é ainda mais fácil, pois fica há apenas 15 minutos do centro de Buenos Aires, o táxi é a melhor opção e a sugestão de negociar o preço antes continua valendo.

E isso vale para todo o passeio. Andar de transporte público em Buenos Aires é fácil e barato. Você pode chegar aos principais pontos turísticos da cidade de metrô.

Para quem viaja a Buenos Aires existem duas opções de desembarque: os aeroportos de Ezeiza e o Aeroparque. Foto: divulgação

Câmbio

É recomendado levar algum dinheiro já trocado em peso, muitos sugerem levar o dólar por ser altamente valorizado. Mas na cidade existem muitas casas de câmbio para caso precise trocar o real por peso.

Atenção para o risco de trocar dinheiro na rua onde muitas pessoas ficam gritando “câmbio, câmbio”. Esse é o tal chamado câmbio irregular, onde as pessoas trocam o dinheiro de uma forma mais barata, mas existe o risco de você pegar notas faltas ou mesmo de te roubarem, então a recomendação é optar sempre pelas casas de câmbio oficiais.

Hospedagem

Depois do transporte esse é o segundo item mais caro de uma viagem. Por isso aproveitar os sites de busca ajuda economizar. Mas é importante se atentar para os detalhes como se inclui ou não o café da manhã e a localização, pois existem hotéis baratos no centro, mas a noite não é um lugar que passa muita sensação de segurança então se você planeja curtir a noite porteña esse pode não ser o lugar mais indicado. Puerto Madero é caro, mas tem opções mais interessantes para quem quer jantar fora. Existem várias possibilidades, portanto fique atento ao seu gosto e necessidade. A dica de um pacote que oferece passagens e hospedagem continua sendo muito válida.

Puerto Madero, o moderníssimo bairro de Buenos Aires é um dos lugares mais procurados. Foto: divulgação

Alimentação

Invista em lanches rápidos. Buenos Aires tem ótima fama com as empanadas e elas são uma ótima opção para um lanche rápido, mas não deixe de ir em uma parrilla experimentar as carnes de Buenos Aires.

Conferir os cupons de desconto disponíveis para os restaurantes da cidade pode ser uma ótima pedida, com um pouco de sorte, você pode acabar a noite em um restaurante incrível pagando menos da metade do preço do menu.

Passeios

Sobre o que fazer em Buenos Aires atrações gratuitas são o que não faltam como parques e o próprio Teatro Colon – que muitos pagam pelo tour do teatro, quando na verdade há uma opção gratuita todo domingo às 11h. A Casa Rosada, Plaza de Mayo, Caminito e o Obelisco devem estar na lista.

Praças e parques são opções lindas, charmosas e baratas. Foto: divulgação

Para conhecer outras dicas de passeio clique aqui. Outros pacotes promocionais para outros destinos você pode encontrar aqui.

Comments are closed.