Casa mais sustentável do Brasil encontra-se em Curitiba

O projeto de construção de uma residência situada na capital paranaense desenvolvido dentro dos parâmetros de sustentabilidade atingiu a maior pontuação do selo Green Building Council Casa ao atingir 84 pontos, e, assim, o nível Platina.

Desde o início do projeto até a sua conclusão foram considerados processos que impactassem menos o meio ambiente. Afim de atingir parâmetros sustentáveis e tornar o empreendimento certificado, o maior desafio foi a implantação de métodos que resultassem em alto desempenho em equilíbrio ao conforto, veja abaixo algumas das ações empregadas:

·         Conforto térmico:

o        Resfriamento – Mesmo possuindo infraestrutura a residência não utiliza ar condicionado para resfriar os ambientes, isso se dá as grandes aberturas de janelas, sua disposição cruzada, a tipologia de vidros utilizada e os materiais empregados na envoltória;

o        Aquecimento – Foi utilizado um sistema de aquecimento por biomassa sem emitir gases e fumaça para dentro dos ambientes, tecnologia dimensionada de acordo com o volume de ar a ser aquecido e carga térmica simulada que garante eficiência auxiliada pelas portas e esquadrias com vedação totalmente hermética. Além disso esse sistema combate a umidade da casa, problema característico nas casas curitibanas.

·         Painéis fotovoltaicos e micro gerador eólico – utilizados para dispor de energia renovável, tornando a residência zero energy, ou seja, 100% do consumo de energia da casa é gerada por ela mesmo.

·      Captação da água pluvial – implantado com um sistema de filtragem de alta tecnologia (ultravioleta) para maior aproveitamento da água, direcionando-a às bacias sanitárias, irrigação, máquina de lavar roupas, louças e torneiras externas.

·      Eficiência Energética – Todos os motores, lâmpadas e equipamentos da casa são de alta eficiência, a iluminação foi dimensionada levando em consideração a incidência de iluminação natural com automação por presença e tempo.

O Engenheiro Eduardo Mattos, coordenador dos projetos de sustentabilidade na Forte Soluções Ambientais, empresa de consultoria responsável pela certificação, relata “A Residência ML foi projetada para ser destaque nacional em Sustentabilidade. O proprietário decidiu incorporar esse conceito em seu lar, e partir de então desenvolvemos as melhores soluções disponíveis. É um projeto inovador, desenvolvido simultaneamente às simulações termo lumínicas e energética, assegurando os resultados de eficiência energética e auxiliando nas tomadas de decisão em relação aos vidros e revestimentos, por exemplo. Merece também grande destaque o sistema de geração de energia, capaz de supri r todo o consumo da residência. ”

Além disso, a residência possui sensores de qualidade do ar em alguns ambientes, foram instalados acabamentos claros, uma vez que a utilização de cores mais amenas diminui a absorção do calor por meio do aumento do índice de refletância, a opção por compra de materiais regionais e com certificação ambiental que garantem menor emissão atmosférica e um processo de fabricação limpo.

“O conceito de biofilia também foi incorporado no projeto onde em praticamente todos os ambientes há presença de vegetação, conectando os moradores da casa com a natureza, além de na fachada possuir um jardim vertical que das boas vindas aos que entram na casa”, explica a eng. Ana Julia da Forte Soluções Ambientais.

O GBC (Green Building Council) é a vertente brasileira do USGBC e garante as certificações de construções sustentáveis aplicadas em todo o território nacional com base nas premissas do LEED, que já é realidade em diversos países e tem se tornado destaque nos últimos anos no Brasil.

Equipe de Projeto:

Consultoria em Sustentabilidade: Forte Soluções Ambientais;

Projeto Arquitetônico e complementares: Eloi Bastos Arquitetura;

Energia Renovável: ABR Energias;

Paisagismo: Casa das Planta

<[email protected]>

Comments are closed.