A startup maringaense Licita Plus é classificada no programa Sinapse da Inovação

O programa visa o empreendedorismo inovador e chega ao Paraná pela primeira vez por meio da Celepar e Fundação Araucária, operação da Fundação Certi e apoio do Sebrae e do Fiep

A startup Licita Plus é uma plataforma online de busca de licitações e gestão de processos licitatórios principalmente voltados à construção civil. Funciona como um exército de robôs para procurar e capturar oportunidades de vendas em mais de 890 portais, sites e diários oficiais de todo o Brasil.

Eles vasculham a internet procurando por editais a partir de palavras-chave e perfil empresarial, as organizam de forma simples e intuitiva facilitando e agilizando o processo licitatório para quem participa de licitações oficiais e quer oferecer serviços ou vender para órgãos públicos, como prefeituras, hospitais, escolas, órgãos estaduais e federais, tudo isso na palma da mão por meio de um app no smartphone do usuário.

Toda essa funcionalidade garantida pela excelência da Empari Global Innovation, grupo de empresas da tecnologia da informação de Maringá, que atua desde 2010 no mercado de desenvolvimento de softwares para emissão de notas fiscais eletrônicas, busca de licitações e ERP para pequenas e médias empresas, foi reconhecida pela seleção realizada para o programa Sinapse da Inovação – PR.

Idealizado em 2008 pela Fundação Certi, o Sinapse da Inovação é um programa de incentivo ao empreendedorismo inovador que visa transformar ideias em negócios de sucesso oferecendo recursos financeiros e capacitações.

Com seis edições realizadas em Santa Catarina, uma no Amazonas e uma no Espírito Santo, o programa chega ao Paraná com a execução do Governo do Estado, por meio da Celepar e Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná, com operação da Fundação Certi e o apoio do Sebrae e Fiep. E já chegou batendo recordes de participação com 1.851 ideias inovadoras recebidas.  

O Licita Plus foi um das 300 ideias inovadoras classificados nesta primeira fase. Na Fase 2, em julho, serão 200 projetos de empreendimentos selecionados e na Fase 3, em setembro, 100 projetos de fomento serão analisados. Em outubro será divulgado o resultado final e as ideias que passarem pelas 3 fases de seleção, receberão R$ 40 mil em subvenção da Fundação Araucária. Ao longo de todo o processo os participantes recebem também diversas capacitações para aprimorar e validar seus projetos.

Para Adriano Santos, CEO Empari, “se reconhece um grande potencial no Licita Plus. A ideia é boa, a operação é boa e realmente atende ao que se propõe. O que era um software tornou-se startup, provando esse potencial. Foram quase duas mil ideias submetidas a análise do programa, e estamos a prova de que o produto é bom é estarmos entre as 300 classificadas na primeira fase, motivo de muito orgulho”.  

Comments are closed.