Conheça os 51 campeões da 8ª Grande Prova Vinhos do Brasil

Por mais um ano, os tintos roubaram a cena na 8ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB), certame que avalia vinhos brasileiros disponíveis no mercado. Das 1071 amostras validadas, em 41 categorias, os tintos apresentaram melhor performance, sendo premiadas 100% da variedade Touriga Nacional, 88% Super Premium, 85% tintos de outras castas e 74% Cabernet Franc, totalizando 177 medalhas. Os espumantes vieram na sequência com 99 medalhas.

Em 2019, oito estados (RS, SC, PR, SP, MG, BA, PE e GO) participaram por meio de 122 vinícolas. A 8ª edição bateu todos os recordes: amostras, vinícolas e novas categorias. Nesta segunda-feira, 17 de junho, o Grupo Baco, idealizador e organizador do certame, anunciou os 51 campeões, assim como aqueles que conquistaram medalhas.

O GPVB concedeu 37 medalhas duplo-ouro (nota mínima 92) e 276 ouros (nota mínima 90). “Essa edição foi surpreendente com vinícolas que nunca haviam sido campeãs, elevação da nota mínimo para os tintos para 90, além de apenas 3 vinhos com nota 93, o que demonstra o rigor do concurso”, ressalta Marcelo Copello, jornalista, diretor do Grupo BACO Multimídia e presidente do júri da GPVB.

A degustação às cegas de vinhos brasileiros disponíveis no mercado da 8ª GPVB contou com a presença de 27 jurados, de 03 a 06 de junho, no Hotel Vila Galé, na Lapa, no Rio de Janeiro. Em breve, a GPVB ainda contemplará os apreciadores de vinhos, espumantes e sucos de uva com os Best Buys abaixo de R$ 50,00, comprovando que vinho bom necessariamente não é vinho caro.

Sul do Brasil

O Rio Grande do Sul confirmou soberania tanto na participação de número de amostras como de campeões. Do total de amostras, 837 são gaúchas e, dessas, 251 ganharam medalhas (30 duplo-ouro e 221 ouros) e 39 campeãs são do RS (20 duplo-ouro e 16 ouros), confirmando a qualidade do terroir e o know how do Estado. Santa Catarina ficou na segunda colocação com 102 amostras, 33 premiadas (4 duplo-ouro e 29 ouros) e 6 campeãs (4 duplo-ouro e 2 ouros). O Paraná ficou com a terceira posição de destaque com 35 amostras, 10 premiadas (2 duplo-ouro e 8 ouros) e 2 campeãs (2 duplo-ouro).

Bag-in-Box (BIB)

Na estreia da nova categoria BIB, a GPVB recebeu 9 amostras de tintos e o campeão recebeu 89 pontos. “Demos a largada para uma categoria que tem muito potencial e uma forma de valorizarmos esse produto. Em países nórdicos, como a Suécia e Noruega, os BIB já passam dos 60% e na tradicional França pode-se encontrar até Grand Crus nas embalagens. Os BIBs são uma realidade que têm tudo a ver com o Brasil”, destaca Sérgio Queiroz, jurado, diretor do Grupo BACO e entusiasta das caixinhas. Comercializado em práticas embalagens de papelão com bolsa de plástico flexível, disponível em 3 ou 5 litros para beber calmamente sem risco de perdas.

Sucos de uva 100%

Em 2019, 38 amostras de sucos participaram do certame, sendo oito brancos e 30 tintos. Entre os brancos, um ouro e nos tintos 3 duplo-ouro e 8 ouros. A boa surpresa dessa categoria ficou por conta dos duplo-ouro.

Números e curiosidades

– 1.071 inscrições (2018 foram 920)

– 122 vinícolas (2018 foram 117)

– 8 estados: RS, SC, PR, SP, MG, PE, BA, GO

– 41 categorias (2018 foram 30)

– 51 campeões (com os empates) OBS: vários vinhos/vinícolas que nunca haviam sido campeões. E nos campeões vinhos de 7 estados (todos exceto GO)

– 37 Duplo-Ouro (3,5%) (nota mínima 92), ano passado foram apenas 8

– Nota mínima para ouro subiu de 88 em 2017; 88,5 em 2018; 90 em 2019

– 276 ouros 26%, em 2018 foram 272

– Apenas 3 vinhos (0,03%) com nota 93, o que demonstra o rigor do concurso

– Bag-in-Box: 9 tintos, o campeão com 89 pontos

– Sucos: brancos 8 amostras e 1 ouro; tintos 30 amostras com 3 duplo-ouros e 8 ouros

Categorias de melhor performance

– Touriga Nacional 100% dos vinhos foram premiados

– Super premium 88% dos vinhos foram premiados

– Tintos de outras castas 85%

– Cabernet Franc 74%

Resultado por categorias

1. Espumante Brut Branco Champenoise

– Valmarino Brut Tradicional. 2015. Pinto Bandeira, RS.

– Pizzato Brut Branco Tradicional D.O.V.V. 2017. Vale dos Vinhedos, RS.

2. Espumante Brut Branco Charmat

– Vivatto Brut. 2018. Fante. Flores da Cunha, RS

– Virtus Brut Monte Paschoal Charmat. 2019. Vinícola Basso. Farroupilha, RS.

3. Espumante Brut Rosé Champenoise

– Villa de Vinhas Brut Rosé. Zanella. Antônio Prado, RS.

– Casa Valduga 130 Rosé. Vale dos Vinhedos, RS.

4. Espumante Brut Rosé Charmat

– Cheti Brut Rose, Caxias do Sul, RS.

– Terranova Brut Rosé. Miolo. Vale do São Francisco, BA.

5. Espumante Extra-Brut e Nature Rosé (Charmat e Champenoise)

– Estrelas do Brasil Nature Rose. 2013. Caxias do Sul, RS.

6. Espumante Extra-Brut Branco (Charmat e Champenoise)

– Victoria Geisse Extra Brut Vintage Gran Reserva. Pinto Bandeira, RS.

7. Espumante Nature Branco (Charmat e Champenoise)

Valmarino Nature Champenoise. 2013. Pinto Bandeira, RS.

8. Espumante Prosecco/Glera (Charmat e Champenoise)

Estrelas do Brasil Prosecco. NV. Caxias do Sul, RS.

9. Espumante Moscatel Branco

– Panizzon Moscatel. Flores da Cunha, RS.

– Garibaldi Moscatel. NV. Garibaldi. Garibaldi, RS.

– Courmayeur Moscatel. NV. Courmayeur. Garibaldi, RS.

10. Espumante Demi-Sec Branco Charmat

– Garibaldi Vero Demi Sec Charmat. Garibaldi, RS.

11. Espumante Demi-Sec Branco Champenoise

– Stravaganzza Demi Sec Champenoise. Don Giovanni. Pinto Bandeira, RS.

12. Espumante Moscatel e Demi-Sec Rosé (Charmat e Champenoise)

– Casa Valduga Naturelle Moscatel Rosé. Vale dos Vinhedos, RS.

13. Branco Chardonnay

Pizzato Legno Chardonnay Gran Reserva D.O.V.V. 2018. Vale dos Vinhedos, RS.

14. Branco Sauvignon Blanc

– Sauvignon Blanc Don Affonso. 2019. Serra Gaúcha, RS.

15. Branco Gewurztraminer

– Leone di Venezia Gewurztraminer. 2018. São Joaquim, SC.

16. Branco Riesling Itálico e Renano

– Villa Mosconi Riesling. 2017. Poços de Caldas, MG.

17. Branco Moscato

– Casa Perini Macaw Moscato. 2018. Farroupilha, RS.

18. Branco Viognier

– RAR Collezione Viognier. 2015. Campos de Cima da Serra, RS.

19. Branco de Outras Castas e Cortes

– Leone di Venezia Oro Vecchio. 2018. São Joaquim, SC.

20. Tinto Cabernet Sauvignon

– Cabernet Sauvignon Reserva Fabian. 2005. Nova Pádua, RS.

– Censurato Cabernet Sauvignon. 2011. Vinícola Franco Italiano. Colombo, PR.

21. Tinto Merlot

– Kranz Merlot. 2008. Treze Tílias, SC.

– Sfera Merlot. 2013. Arbugueri. Caxias do Sul, RS.

– Pizzato Merlot de Merlots Reserva D.O.V.V. 2015. Vale dos Vinhedos, RS.

22. Tinto Tannat

– Barão de Petrópolis Tannat Clássico. 2014. Flores da Cunha, RS.

– Dall’Agnol Superiore Tannat. 2008. Estrelas do Brasil. Caxias do Sul, RS.

23.Tinto Syrah

Poesia Gran Reserva Syrah. 2018. Vinícola Castanho. Jundiaí, SP.

24.Tinto Pinot Noir

– Dedicato Pinot Noir Monte Paschoal. 2014. Vinícola Basso. Farroupilha, RS.

25. Tinto Cabernet Franc

– Valmarino Cabernet Franc ANO XXI. 2016.. Pinto Bandeira, RS.

26.Tinto Marselan

– Viapiana Marselan. 2013. Flores da Cunha, RS.

27. Tinto de Outras Castas

– Pizzato Alicante Bouschet Reserva. 2015. Vale dos Vinhedos, RS.

28. Tinto Cortes

– RAR Reserva de Família Cabernet/Merlot. 2015. Campos de Cima, RS.

29.Tinto Malbec

– Sincelo Malbec. 2014. Urupema. Urupema, SC.

30. Tinto Touriga Nacional

Miolo Single Vineyard Touriga Nacional. 2018. Miolo. Campanha Meridional, RS.

31. Tinto Teroldego

– Wine Club Franco Italiano Teroldego. 2011. Vinícola Franco Italiano. Colombo, PR.

32. Tinto Sangiovese

– Leone di Venezia Sangiovese. 2017. Leone di Venezia. São Joaquim, SC.

33. Tinto Tempranillo

– Rio Sol Tempranillo. 2017. Vitivinícola Santa Maria. Lagoa Grande, PE.

34. Tinto Super Premium

– Viapiana Nebbiolo. 2015. Flores da Cunha, RS.

35. Tinto Ancellotta

– Panizzon Ancellotta. 2015. Flores da Cunha, RS.

36.Tinto Petit Verdot

– Pássaro da Lua Petit Verdot. 2014. Vinícola Cárdenas. Serra do Sudeste, RS.

37. Rosé

– Miolo Seleção Rosé. 2019. Campanha Meridional, RS.

38. Doces e Fortificados

– Casa Valduga Late Harvest. Vale dos Vinhedos, RS.

39. Suco de Uva Integral Branco

– Peculiare Suco de Uva Branco Integral. 2019. Serra Gaúcha RS.

40. Suco de Uva Integral Tinto

– Kranz Suco de Uva Integral. 2019. Treze Tílias, SC.

41. Bag in Box

– Miolo Seleção Cabernet Sauvignon / Merlot. 2017. Miolo. Campanha Meridional, RS.

Resultado por Estado

EstadoAmostrasMedalhasCampeões
RS83725139
SC102336
PR35102
MG42101
SP2641
PE1341
BA1311
GO1  

Evolução da GPVB

EdiçãoAmostrasVinícolasCategorias
2011 (1ª)2846413
2018 (7ª)91611730
2019 (8ª)107212241

Premiação

A cerimônia de entrega de medalhas e de certificados da 8ª GPVB acontecerá durante a Wine South América, a maior feira de vinhos profissional da América Latina, que será realizado de 25 a 27 de setembro, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS). A lista completa será divulgada no Anuário Vinhos do Brasil 2019/2020.

O GPVB 2019 conta com o apoio institucional das seguintes entidades: Ibravin, SindiVinho, Aprovale, Wine South America (WSA), Vinhos de Altatitude (SC), Vinhovasf, Agavi, Apromontes, Vinhos da Campanha, ABS-RJ e Hotel Vila Galé.

Sobre o Grupo BACO

O Grupo BACO, idealizador e organizador da Grande Prova Vinhos do Brasil, é uma empresa de comunicação, consultoria e inteligência de mercado que tem na geração de conteúdo e nos eventos sua plataforma de atuação. É responsável pela edição da revista BACO, do Anuário Vinhos do Brasil, entre outros produtos editoriais, além de uma série de eventos no Brasil e no exterior. Destaque para o Rio Wine and Food Festival, que vem sendo realizado há seis anos na cidade do Rio de Janeiro. <[email protected]>

Comments are closed.