Brain Fitness: neurociência para produtividade e qualidade de vida

0
72

Especialista explica como a ativação cerebral pode motivar atividades diárias e fazer diferença na performance, bem-estar físico e mental do ser humano

Exercitar o corpo é saudável, nunca sai da moda e o resultados são aparentemente perceptíveis por todos. Porém, deixar o cérebro em atividade, nas mais diversas formas, também é preciso, faz parte da saúde e do bem-estar e pode ser o caminho mais fácil para conseguir conciliar bem todas as atividades que o ser hoje em dia.

Para o consultor e palestrante Thiago Ayres, é muito importante usar as ferramentas da própria biologia para se tornar uma melhor versão de si mesmo. “Exercitar o cérebro é se aprofundar no universo de assuntos que permeiam nosso corpo e mente, onde estar saudável e sempre pronto pode ter influência positiva e negativa em relação ao nosso poder de decisão, nossa produtividade e desempenho”.

O consultor, que também tem um programa de imersão no assunto, o “Brain Fitness”, explica que é possível utilizar a neurociência a nosso favor e obter resultados eficientes, apenas é necessário estar aberto para uma mudança de mentalidade. “Precisamos deixar nosso corpo e mente em sintonia, assim é possível aumentar nossa produtividade e performance, seja na vida pessoal ou profissional, melhorando assim também a nossa visão da relação trabalho com saúde e prazer.

Um estudo recente publicado pelo jornal Nature Medicine, por um time de cientistas espanhóis revelou que quando o ser humano alcança os 90 anos de idade, a produção de neurônios ainda continua. Por isso, é preciso estimular as células para que se reproduzam e possam ser sempre usadas em favor do bem estar físico e mental.

Ayres ressalta ainda que algumas atividades como meditação e prática da gratidão também são essenciais para manter o cérebro saudável, assim como técnicas usadas ultimamente para o mindfulnes, tão procurada no mundo agitado, estafante e cheio de informações e estímulos vindos de todos os lados e a todo momento. “Claro que é preciso, como toda atividade, seja física ou cerebral, um ‘treino’, ou seja começar aos poucos. Porém, é com a prática e continuidade dos exercícios, além da mudança de valores e mentalidade que conseguimos manter o cérebro sadio e com vitalidade. É preciso dar o primeiro passo”, afirma Ayres

Confira algumas dicas para exercitar o cérebro:

         Aprender coisas novas

         Boa alimentação

         Atividades físicas

         Networking

         Descanso

         Exercícios próprios para a ativação cerebral

Sobre Thiago Ayres:

Consultor, educador, investidor-anjo e palestrante quadrilíngue nas áreas de governança, gestão, inovação e liderança, Thiago Ayres tem formações em três continentes e ajuda corporações e startups em seus desafios estratégicos. Passou por mais de 20 países e tornou-se um inconformado com a gestão tradicional: enxerga  oportunidades para cada problema, e aposta que  as pessoas são a base de todo o sucesso. Ele é fundador da Consigliere Consultoria, especializada em governança, gestão e inovação, atuando com consultoria e educação corporativa. Além de Coordenador e Professor de MBAs, é atualmente Diretor de Governança & Investimento na Curitiba Angels.