Conheça os tratamentos que eliminam a papada, o famoso queixo duplo

A papada é uma alteração estética que popularmente é relacionada ao excesso de pele ou gordura embaixo do queixo, por isso ela ainda ganha a denominação de “queixo duplo”. Mas são vários os fatores que determinam o aparecimento do problema e não é incomum que mais de uma dessas causas apareçam conjuntamente. “A papada pode ser originada por: acúmulo de gordura na região, flacidez da musculatura, excesso de pele ou ainda uma deficiência no queixo. Alguns pacientes podem ter o queixo pequeno, impactando na sua projeção e, por consequência, há uma tendência no acúmulo de gordura e tecido na papada”, explica o cirurgião plástico Dr. Paolo Rubez, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS). Dependendo da causa da papada, há um tratamento específico que pode ser realizado.

De acordo com o cirurgião plástico, para cada paciente existe um melhor tratamento, que pode ser lipoaspiração, cirurgia de correção de excesso de pele e da musculatura ou mentoplastia (cirurgia estética do queixo). “Os procedimentos são feitos em hospital e não têm contraindicação desde que o paciente tenha boas condições clínicas e exames pré-operatórios normais. É uma cirurgia em que o paciente pode ter alta no mesmo dia ou no máximo no dia seguinte e traz grande benefício estético para esta região. Pode ser até tratado junto com pescoço ou o restante da face”, afirma o cirurgião. Conheça abaixo mais sobre os procedimentos:

Lipoaspiração de mento – Indicada para pacientes que acumulam gordura nessa região, nessa cirurgia, realizada com anestesia local e sedação, é feita uma pequena incisão (cerca de 2 mm) na prega do queixo. No geral, o procedimento dura cerca de 30 minutos.  Os resultados são duradouros (a gordura retirada não volta) e o procedimento não costuma deixar cicatriz aparente.

Lifting – Em casos de flacidez na musculatura ou excesso de pele, essa musculatura tem que ser aproximada e o excesso de tecido deve ser retirado. A anestesia pode ser geral, mas ainda há a possibilidade de operar com sedação e anestesia local. A cirurgia é feita por uma incisão abaixo do queixo e pode também necessitar de incisão próxima à orelha em casos de mais flacidez e excesso de pele.

Mentoplastia – A cirurgia plástica de correção em caso de queixos retraídos também ajuda a eliminar a impressão de queixo duplo. A melhor opção, segundo o cirurgião, é a mentoplastia de avanço ósseo, realizada através de uma incisão na mucosa oral (gengiva). O osso é avançado e fixado na posição desejada. A anestesia é geral e não há implicação na alimentação no pós-operatório.

Por fim, o médico lembra que é necessário examinar um conjunto de fatores para tratar a região, uma vez que as cirurgias podem ser combinadas também com o uso de lasers para potencializar o resultado. “É fundamental que o procedimento seja realizado por um cirurgião plástico especializado”, finaliza o médico.

PAOLO RUBEZ: Cirurgião plástico, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), Dr. Paolo Rubez é Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. O médico é especialista em Cirurgia de Enxaqueca pela Case Western University, com o Dr Bahman Guyuron (em Cleveland – EUA) e em Rinoplastia Estética e Reparadora, pela mesma Universidade e pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP. http://drpaolorubez.com.br/ <[email protected]>

Comments are closed.