Categories: Gente

Evento em Curitiba discute a legislação tributária do setor de TI

Um evento reuniu empresários de Tecnologia da Informação em Curitiba para discutir as questões tributárias do setor e o que esperar da Reforma Tributária.

Intitulado Tech & Tax, o workshop é itinerante e foi promovido pela ROIT Consultoria e Contabilidade também em São Paulo, registrando a participação de mais de 100 empresários da área nas duas edições do evento. O enfoque foi dado a questionamentos frequentes em empresas de TI como “Qual regime tributário devo escolher no próximo ano?”, “Minha atividade é produto ou serviço?”, “Meus contratos com clientes têm cláusula de tributação?”, “O desenvolvimento de software está sendo ativado? Qual a melhor opção?”, entre tantos outros.

Também foram pontos de discussão o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital); a E-Financeira; tributos na importação de software; licenciamento de software; e o controle de desperdício tributário.

Segundo Lucas Ribeiro, sócio-diretor da ROIT e palestrante do evento, muitos empresários do segmento possuem dúvidas em questões jurídicas e contábeis e realizam suas obrigações legais de maneira incorreta, onerando desnecessariamente a empresa.

“Uma análise criteriosa das atividades desempenhadas, dos contratos firmados com clientes e fornecedores e a emissão das notas fiscais já pode fazer uma grande diferença e reduzir em até 50% a carga tributária de empresas do setor de TI. Em um dos casos que atendemos, uma empresa que pagava cerca de R$ 1,2 milhão em tributos reduziu esta carga em pouco mais de R$ 546 mil, após a correta aplicação das regras tributárias e benefícios fiscais. É muito importante que o empresário busque informação neste sentido, pois esta diferença pode representar os investimentos necessários para a empresa continuar crescendo, gerar empregos e, garantir avanços tecnológicos ao nosso país.”, disse Ribeiro.

Eduardo Filipe Mazzarolo Marques, diretor financeiro e estratégico da ICities, diz que eventos como esse são muito importantes, principalmente para quem está à frente do financeiro: “Gostei muito do formato, porque dá pra tirar várias dúvidas e entender um pouquinho mais como é que tudo funciona”.

O consultor comercial da Ewave do Brasil, Rogério Borelli Filho, também esteve presente e destacou a relevância do encontro: “Recebemos muita informação a todo momento e não sabemos se é confiável. Por isso, é importante buscar informações seguras em eventos como esse. Tenho certeza que esses conhecimentos serão bastante produtivos para nós”, garantiu. <liliane.engenhariadecomunicacao@gmail.com>

Redação do Paranashop

Comments are closed.

Recent Posts

FIEE Smart Future destaca avanços da Indústria 4.0 e desafios da inovação para empresas de elétrica e eletrônica

Evento reunirá especialistas e empresas do mercado para discutir e aprimorar tendências e novidades disponíveis no mercado nacional e internacional…

18 horas ago

Futuro do sistema elétrico brasileiro será discutido na FIEE Smart Energy

Evento reunirá especialistas e empresas do segmento para debater tendências e soluções que estão revolucionando o mercado de energia elétrica…

19 horas ago

Prevenção pode evitar um terço dos casos de câncer de cabeça e pescoço

Todos os anos, no dia 27 de julho, é celebrado o Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e…

20 horas ago

Cirurgia para retirada da flacidez nas pálpebras pode causar alterações na anatomia dos olhos

Entre as alterações que a pele sofre com o processo de envelhecimento, a flacidez das pálpebras está entre uma das…

20 horas ago

Câncer Ósseo: Tipos, sintomas e tratamentos

As células do nosso organismo estão em constante multiplicação para a renovação da pele, glóbulos vermelhos do sangue e até…

20 horas ago

É gripe ou resfriado? Conheça as diferenças

Quando o assunto é gripe, em primeiro lugar é preciso saber diferenciá-la do resfriado comum. Embora as duas doenças sejam…

20 horas ago