Merecedora e competente

Se sentir assim é sinônimo de autoestima, não errado  

Já percebeu como a autoestima afeta seus relacionamentos, trabalho e a si mesma? Pode ser de forma benéfica ou não, e isto é um problema. “Se sentir competente e merecedora não é errado, não quer dizer que você é metida, e sim que acredita no seu potencial”, conta Carolina Farina, especialista em liderança empreendedora feminina.

Se você tem medo da rejeição, dificuldade de aceitar a si mesma, busca constantemente por elogios e se compara a outros, é sinal de que tem baixa autoestima. “Ela é a soma da autoconfiança com o auto respeito”, define Carolina. Valorizar a si mesma e estar satisfeita com sua aparência e personalidade são fatores imprescindíveis para a qualidade de vida e saúde mental, frutos da autoestima.

É possível ter atitudes que promovam sua autoestima, como conhecer a si mesma, tanto os pontos fortes como fracos, concentrar-se em si, aceitar e amar o jeito que você é, investir em suas habilidades e se fortalecer. A especialista também explora algumas ações simples que podem mudar nosso dia: acredite nos elogios que recebe, não se critique demais, não se sinta incapaz apenas porque algo não foi como o planejado, aprecie algum tempo sozinha e, por fim, dê a si mesma o que espera dos outros, compreensão e reconhecimento.

Sentir que você é merecedora e competente é uma conquista, não falha. Não diminua suas habilidades apenas por medo de como os outros vão receber isso.

Serviço: Carolina Farina

Especialista em Liderança Empreendedora Feminina, Coach Pessoal e de Negócios, Palestrante, Analista Comportamental, Thetahealer e Hipnóloga.

(41) 98854-6483

[email protected]

carolinafarina.com.br

https://www.facebook.com/carolfarina.oficial
https://www.instagram.com/carolfarina.oficial
https://www.linkedin.com/in/carol-farina-b93679157/
https://www.youtube.com/channel/UCavVcEVh6WdYaivepfP3OOg?view_as=subscriber

Rua Dr. Correa Coelho, 741 – Bairro Jardim Botânico, 80210-350 – Curitiba

Comments are closed.