Reprogramar para o bem

0
133

Coaching e PNL podem ser trabalhados em conjunto para resultados mais assertivos!

Reprogramar para o bem

Você conhece a programação neurolinguística (PNL)? Ela nos permite entender melhor nosso funcionamento interno, identificar comportamentos e características, para que então possamos mudá-los se for preciso. Além de promover o autoconhecimento, aperfeiçoa a comunicação e relacionamentos interpessoais, ajuda a lidar com sentimentos negativos e conflitos, muda hábitos e desenvolve habilidades como liderança e performance.

A PNL como ferramenta é usada em diferentes áreas de comunicação, como psicoterapia, vendas, educação e coaching. “A programação neurolinguística e o processo de coaching se completam, pois o foco é atingir os objetivos do cliente. As soluções para problemas que o afligem, na maioria das vezes, estão no próprio coachee”, afirma Madalena Feliciano, CEO da Outliers Careers e IPCoaching.

“Existem casos onde o cliente procura treinamento para uma área específica em sua vida, com um objetivo já definido, mas algo o impede de cumprir o combinado com o coach, prejudicando o crescimento. Pode ser algum problema de confiança ou autoestima, e a partir daí, o coach trabalha as técnicas de PNL para reprogramar esse aspecto”, explica Madalena.

Além de aspectos intrapessoais, o PNL ajuda a criar uma relação mais estreita entre coach e coachee, chamada de rapport. Isso cria um nível mais alto de confiança para que o coachee consiga explorar ainda mais seus potenciais.

“O coaching e a programação neurolinguística, quando trabalhados juntos, são bem assertivos, só é preciso dedicação tanto do coach quanto do coachee”, finaliza Madalena.

Madalena Feliciano

Gestora de Carreira

(11) 2737-1685 e 9 47706543

[email protected]

www.ipcoaching.com.br

Professor Aprígio Gonzaga 78, São Judas, São Paulo – SP.