Evento traz grandes nomes da capoeira a Curitiba

0
42

Celebração dos dez anos do Tribus Capoeira terá palestras, rodas, batizado, maculelê, formatura e troca de corda para mais de 200 pessoas entre adultos e crianças

Instituto Tribus Capoeira celebra 10 anos e traz grandes mestres da capoeira ao Paraná

Curitiba recebe nos dias 22, 23 e 24 de agosto grandes nomes nacionais da Capoeira. O evento faz parte da celebração dos dez anos do Instituto de Arte e Cultura Brasileira Tribus Capoeira (Instituto Tribus). A programação terá palestras e oficinas de aperfeiçoamento, rodas, batizado, maculelê, formatura e troca de corda para mais de 200 pessoas entre adultos e crianças. As atividades ocorrem nos auditórios do Museu da Vida e do Museu Oscar Niemeyer (MON).

De acordo com o organizador do evento, o educador Marcel Stocco, conhecido como professor Cabeção, a programação de “D’agosto de Jogar” foi pensada de modo a contemplar vários públicos: das crianças que recebem a primeira corda – e junto com ela passam a ter o direito de usar o título de capoeirista-, aos adultos que ampliam a formação e aos educadores que aumentam a graduação de instrutor.

Mestres renomados
Entre os convidados para o evento e que participam das trocas de cordas no dia 23, estão os mestres Gavião, do Rio de Janeiro; Jaiminho, de Minas Gerais; Mancha, do Rio de Janeiro; e Cesar, de São Paulo. Também estão confirmados os mestres Brasília, de São Paulo (SP); Meinha, de São Paulo; Fabinho, do Distrito Federal; Chiquinho, de Santa Catarina; Jânio, do Distrito Federal e o Contramestre Asa Delta, do Tocantins.

Eles respondem pelas oficinas de aperfeiçoamento e palestras de musicalização, movimentação e roda nos dias 22 e 24. “Estes professores representam parte do expoente da capoeira no Brasil, tanto pela sua trajetória de vida e difusão cultural, quanto pelo papel social que desempenham junto às suas comunidades”, argumenta o organizador.

Ser humano mais completo
Segundo o educador Marcel Stocco, a capoeira não deve ser vista apenas como um esporte, capaz de trazer agilidade e equilíbrio. “Ela vai muito além. Dentro da metodologia desenvolvida pelo Instituto Tribus – que atende mais de 2.500 pessoas entre crianças, jovens e adultos em Curitiba e Região Metropolitana – a capoeira trabalha o ser humano como um todo: a parte física, a moral e o intelecto”, enfatiza. Os resultados são rápidos e concretos, especialmente nas crianças que passam a ter mais concentração, atenção, respeito ao próximo, autocontrole e respondem melhor às atividades escolares.

“Costumo dizer que a capoeira é mais do que de uma atividade de controle do corpo. Ela envolve superação e isso requer muito desenvolvimento motor, cognitivo, afetivo, social, musical, cultural, crítico reflexivo, ético e moral”, reforça. “Em Curitiba e cidades vizinhas existem hoje cerca de 40 grupos de capoeira. Nosso evento tem como objetivo aproximar estes grupos e promover o aprimoramento dos capoeiristas da região”, destaca o professor Cabeção.

Informações sobre o evento e as oficinas podem ser obtidas pelo telefone (41) 9 9173-1151, diretamente com o organizador.

Confira a programação do “D’agosto de Jogar”:

Dia 22/08 – Quinta-feira, das 19h30 às 22h:
– Palestras de musicalização, movimentação e roda com os mestres Gavião (RJ), Jaiminho (MG), Mancha (RJ), e Cesar (SP).
– Local: Auditório do Museu da Vida – Rua Jacarezinho, 1691 – Mercês, Curitiba

Dia 23/08 – Sexta-feira, das 19h30 às 22h:
– Roda, batizado, apresentação de maculelê, recebimento e troca de corda de 100 crianças e 126 adultos, formatura, confraternização
– Local: Auditório do Museu Oscar Niemeyer – Rua Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico, Curitiba

Dia 24/08 – Sábado, das 9h às 12:
– Palestras de musicalização, movimentação e roda com os mestres Brasília (SP), e Meinha (SP).
– Local: Auditório do Museu da Vida – Rua Jacarezinho, 1691 – Mercês, Curitiba

Dia 24/08 – Sábado, das 17h30 às 20h:
– Palestras de musicalização, movimentação e roda com os mestres Fabinho (DF), Chiquinho (SC), Jânio (DF) e o Contramestre Asa Delta (TO).
– Local: Auditório do Museu da Vida – Rua Jacarezinho, 1691 – Mercês, Curitiba

Sobre o Instituto de Arte e Cultura Brasileira Tribus Capoeira (Instituto Tribus):

Fundado em 2009 pelo educador físico Marcel Stocco, o professor Cabeção, o Instituto Tribus atende mais de 2 mil pessoas – entre crianças e adultos – em Curitiba e Região Metropolitana. Está presente em 50 escolas e conta com uma equipe de sete instrutores, capoeiristas profissionais.

Seu objetivo é formar cidadãos que valorizem a vida, desenvolvendo a parte física, a moral e o intelecto. Entre seus diferenciais está um projeto pedagógico exclusivo que une os princípios da capoeira aos princípios pedagógicos, fazendo uso de materiais de treinamento desportivo, funcional e brinquedos infantis.

O Instituto também responde pelo projeto de Biocapoeira, desenvolvido junto aos colaboradores de empresas de pequeno, médio e grande porte, trazendo benefícios que refletem na saúde, no relacionamento, na motivação e nos resultados do grupo de profissionais envolvidos.

Comments are closed.