As 5 perguntas mais frequentes sobre acupuntura

Acupuntura é um tratamento que foi criado pelos chineses há mais de 5 mil anos. E apesar da sua idade, essa forma de tratamento somente ficou mais e mais popular com o passar dos anos.

O objetivo original do tratamento foi equilibrar as energias do indivíduo através da punção em locais específicos do corpo chamados meridianos. Hoje em dia a teoria mais aceita é que modula as respostas corporais a partir do estímulo a terminações nervosas.

Ficou curioso sobre essa prática? Bem, basta continuar lendo esse texto, pois separamos as 5 principais perguntas sobre o tema!

As principais questões sobre acupuntura

Segue uma seleção das 5 principais questões envolvendo essa prática milenar nos dias de hoje:

1 – Como esse tratamento faz efeito se não envolve medicamento?

Bem, caso não tenha ficado claro ainda, terapia chinesa com picada de agulhas não envolve nada além das próprias agulhas. Não existe medicamente nenhum envolvido nesse tratamento.

Existem várias teorias sobre como esse estímulo nervoso pode provocar a melhora do corpo do indivíduo. Especialmente quando o assunto é sobre dor! 

Atualmente a mais aceita é que ao estimular os neurônios sensoriais o sistema nervoso central produz endorfinas naturalmente. Estas são ligadas a sensação de prazer e atuam no alívio da dor.

De modo geral, as técnicas envolvendo a esse tratamento não são completamente elucidadas, contudo, os anos de uso validam o conhecimento.

2 – Como é um tratamento?

Muitas pessoas acham que irão deitar em uma maca e o acupunturista irá enchê-las de agulhas até não ter mais espaço em seus corpos. Contudo, essa é uma visão estereotipada da coisa.

Idealmente a pessoa fica confortável e as agulhas são inseridas uma a uma, somente depois de uma extensa avaliação com o profissional, além de uma conversa.

Algo que faz medo a várias pessoas é a profundidade da perfuração. Bem, quanto a isso é variável, contudo, em boa parte dos casos e locais são utilizadas punções mais superficiais.

As técnicas de colocação das agulhas e também os pontos ficarão a cargo do acupunturista, depois da avaliação inicial.

Outra coisa que deixa as pessoas assustadas é que elas acham que as agulhas são reutilizadas. Mas, em fato, às autoridades brasileiras exigem que todas as agulhas utilizadas sejam estéreis, ou seja, novas.

3 – O que posso tratar?

O tratamento com a acupuntura é algo bastante generalizado, ou seja, as possibilidades dependerão mais das habilidades do profissional que você está se consultando.

É possível tratar distúrbios respiratórios, situações alérgicas, problemas neurológicos, dores crônicas e agudas, problemas gastrointestinais (inclusive prisão de ventre), auxilia no manejo de sintomas de doenças como câncer, etc.

Além de problemas físicos também é possível tratar distúrbios psicológicos como estresse, ansiedade e depressão.

4 – Como sei que está fazendo efeito?

Imediatamente após a sessão de tratamento com picadas de agulha você se sentirá relaxado. Lembra das endorfinas que falamos acima? Bem é esperado que elas te façam se sentir bem leve.

Com algumas sessões você já deve notar melhora no seu quadro clínico, seja ele dor ou outros problemas físicos e/ou psicológicos.

Algo que vale muito a pena ser comentado é que o tratamento não gera nenhum efeito colateral, apesar disso, é normal notar uma leve piora antes de começar a sentir-se melhor.

5 – Qual a frequência correta?

Isso vai variar de paciente em paciente. Isso porque, mesmo que tenham a mesma doença, a condição de cada um é única.

Ademais, existem aqueles pacientes que, em teoria, são casos piores e respondem muito bem ao tratamento com acupuntura. Já existem aqueles que estão em situações visualmente mais “leves”, contudo, precisam de um tratamento mais intensivo para apresentar a mesma resposta.

De modo geral, são realizadas duas sessões semanais por um período de até 6 semanas. Contudo, tanto a frequência quando a duração são detalhes que devem ser acordados com o seu acupunturista.

Essas são as 5 perguntas mais frequentes quando o assunto é a terapia chinesa com agulhas.  
 <[email protected]>

Comments are closed.