foto: Renata D’Almeida

Inspire-se em projetos que modernizam o clássico em ambientes infantis

Clássico na moda e no design, o rosa também está entre os queridinhos dos arquitetos e decoradores. Antes um sinônimo de delicadeza e doçura, a cor agora ganha uma roupagem mais contemporânea. Desde 2017, a variação de tons mais suaves ou envelhecidos passou a ter o nome “rosa millennial”, em referência à geração que quebra paradigmas e flexibiliza conceitos. Não seria diferente na decoração infantil, que ressurge com opções de décor mais ousadas e que prometem balançar o coração dos papais mais modernos. Confira algumas inspirações da loja Sonhos de Ninar by Ameise, que traz em seu catálogo esse novo conceito:


Retrô e atemporal
O berço rose da linha Vegas combina o design inovador com o glamour dos anos 20, que aparece principalmente no detalhe dourado do acabamento. O produto está entre os top trending da marca e pode ser usado em quartos de diversos estilos e com diferentes combinações.

Showroom Sonhos de Ninar by Ameise – Kids Arquitetura Créditos: Patrícia Amancio

Este projeto teve como ponto de partida o painel “Bairro Colorido”, que proporciona a sensação de perspectiva e torna o espaço aconchegante e convidativo. Além do berço, as arquitetas Keyla Kinder e Fernanda Viero trazem o tom rose também na escolha da cômoda. Detalhes em verde azulado e amarelo garantem mais luminosidade ao espaço.

Quarto da Zoe – Lu Raunaimer Créditos: Renata D’Almeida

Quem também não resistiu aos encantos do berço Vegas foi a apresentadora Sabrina Sato, que escolheu o mobiliário para decorar o quarto da pequena Zoe. A arquiteta Lu Raunaimer trabalhou um conceito lúdico, que traz como inspiração a mágica circense. O delicado papel de parede com o tema e as luminárias em formato de nuvem são destaque.

Quarto da Laura – Fernanda Emmerick Créditos: Renata D’Almeida

Neste projeto, a arquiteta Fernanda Emmerick trabalhou o charme do rose com o aconchego do tom Jequitibá usado na cômoda. Vale um destaque para a versatilidade do mobiliário: o berço pode ser montado em um primeiro momento como mini-berço, depois no formato tradicional e, posteriormente, pode se tornar uma mini cama.


Colorido na medida certa

Quarto da Joana – Milena B. Mortari Stricker Créditos: Renata D’Almeida

Neste quarto, planejado para uma menina de 2 anos, o rosa ganha um tom nude, que brinca com os elementos coloridos do papel de parede sem tornar o ambiente colorido em excesso. A cama escolhida foi a da “casinha farm”, que acompanha o desenvolvimento da criança por um bom tempo e incentiva a independência dos pequenos devido à altura adequada do colchão, que facilita o acesso.

Combinação neutra

Quarto da Valentina – Lu Raunaimer Créditos: Renata D’Almeida

No quarto da pequena Valentina, filha de Mirella Santos e Wellington Muniz, o rosa bebê ganha um tom aconchegante e, ao mesmo tempo, clean. O efeito se deve à combinação com branco, cinza e amadeirado. O ambiente foi projeto pela arquiteta Lu Raunaimer especialmente para a família, mas conta com acessórios encontrados na Ameise, como a luminária Sputnik, que dá um toque moderno e diferenciado ao espaço.

Comments are closed.