Código de Cultura: como aliar os founder values ao cenário atual e construir uma empresa para durar gerações?

Para o DB1 Group foi necessário realizar um mapeamento da cultura organizacional por meio de Design Thinking e ferramentas de Management 3.0

O DB1 Group, formado por empresas de tecnologia sediadas em Maringá – PR, Presidente Prudente – SP e, em breve, Campo Grande – MS, projeta um crescimento de 40% para 2019 e alcançou recentemente a marca de mais de 550 colaboradores contratados pela empresa desde sua fundação. Com um grupo de empresas cada vez maior e mais diverso, como manter o propósito que dá coerência à organização, em especial o jeito de ser e agir da DB1, para criar uma empresa que dure gerações?

Para revisitar os valores dos fundadores do grupo aliados à forma como as equipes os enxergam e aplicam no dia-a-dia, foi necessária a realização de um mapeamento da cultura organizacional por meio de abordagens de Design Thinking e ferramentas de Management 3.0. Desta forma, no decorrer de seis meses, foi possível estabelecer o processo em várias etapas que contaram com a participação de todas unidades e empresas do grupo.

  1. Ter os Founder Values claros e definidos. O principal desse tipo de trabalho, e que representa cerca de 80% da cultura de um estabelecimento, são os valores dos fundadores, que normalmente são observados em entrevistas com os mesmos para saber se seus princípios são aplicados dentro da empresa, no dia a dia.
  2. Mobilizar as equipes para encontrar as respostas – nesta etapa foram aplicadas dinâmicas em grupo com estímulo a discussões, para encontrarmos de forma aprofundada e qualitativa onde as percepções e opiniões divergem e onde convergem). Também nesta fase, foi aplicada a ferramenta de Management 3.0, o Big Value List, envolvendo toda a organização com foco nas convergências e estímulo ao compartilhamento de histórias.
  3. Estruturar os dados convergentes para encontrar os Sinais de Cultura.
  4. Comunicar a lideranças, gestores e diretores o resultado dos mapeamentos. Considerando que o mapeamento é uma ferramenta de liderança, a comunicação desses resultados ajuda a orientar decisões estratégicas e ações para promover ou mitigar certos comportamentos encontrados. Por isso, nesse momento, não é comunicado a empresa toda.
  5. Encontrar o que une a empresa – por meio do compartilhamento da Value List, além da coleta de mais de 200 histórias sobre o impacto da cultura DB1 na vida das pessoas e a criação de um mapa de afinidades. O primeiro mapeamento foi realizado somente nas unidades, já este último mencionado, no grupo como um todo.
  6. Criar a cultura que envolve o DB1 Group .

O resultado de todo esse trabalho, foi a criação do Código de Cultura, apresentado a todos os colaboradores do DB1 Group no Dia do Programador, em 13/09. Foram entregues adesivos com os pilares mais significativos do Código e um jogo com 43 cartas sob o nome “Steps to the Light”, que pode ser usado pelas equipes ou separadamente e  remete ao propósito “Seja Luz”, uma iniciativa que estimula que todos na organização persigam o sonho de impactar positivamente e transformar o futuro de empresas e de pessoas.

De acordo com Ilson Rezende, CEO do DB1 Group, “o Código de Cultura está longe de ser simplesmente um compilado de políticas corporativas ou de processos. Trata-se do jeito de ser da empresa, baseado em pilares e valores construídos internamente. É o jeito de ser da DB1 que é quase palpável quando alguém se interessa em conhecer a empresa mais de perto. O interessante é que, sem perceber, essa pessoa se sente envolvida por ele e passa a emaná-lo também. Essa troca faz parte de quem somos”, explica.

O motivo para se ter uma cultura própria e se orgulhar dela é que este código realmente guia as ações de cada integrante de um grupo que cresce com grande intensidade e, em fase de crescimento, valores positivos são sempre necessários.

Faz parte do Código de Cultura DB1 a colaboração entre os membros, mais do que o simples “um ajudar o outro”, é saber que o colaborador não precisa de salvadores, mas que pode contar com todos que estão em volta dele. Saber que qualquer ação que contribua com os objetivos, por mais singela que seja, impacta e muito nos grandes feitos.

É ter a consciência que as oportunidades vêm para todos, e não há motivo para prejudicar quem está ao lado. A cultura da DB1 é baseada em justiça, reconhecimento do mérito daqueles que fazem além do ordinário… o extraordinário. E muitas vezes o extraordinário é ajudar o outro.

O Código de Cultura DB1 traz a mensagem de quão importante é para a empresa que cada colaborador se desenvolva profissionalmente e como pessoa. Essa cultura tem garantido à empresa o reconhecimento como um dos melhores lugares para se trabalhar no mercado e, ao mesmo tempo, ser reconhecida como uma das empresas que oferecem as melhores experiências aos clientes, entregando qualidade no prazo combinado e agregando valor. Tudo isso explica o crescimento exponencial do Grupo.

O DB1 Group entende que este jeito de ser e agir é o caminho para fazer coisas incríveis, que continuará colaborando para formar pessoas melhores, e que pode transformar o mundo.

Comments are closed.