Evento da ONU reúne exemplos inovadores de Curitiba

Curitiba será uma das cidades brasileiras a integrar o Circuito Urbano 2019 – Cidades Inovadoras e Inclusivas, uma iniciativa da ONU-Habitat que tem por objetivo abordar inovações sociais, tecnológicas e de políticas públicas que contribuam para o aprimoramento da vida urbana. Para esta edição, a proposta da Organização das Nações Unidas (ONU) é articular inovação e inclusão. A DePropósito Comunicação de Causas e o Instituto Aurora foram selecionados para realizar a atividade em Curitiba. Com a proposta Cidades + Humanas: um encontro de pessoas que inovam para pessoas, as organizações que atuam com comunicação de causas e educação em direitos humanos vão reunir seis cases curitibanos que se destacam por realizar inovação com foco no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, os ODS. O evento aberto ao público será realizado no Engenho da Inovação – Vale do Pinhão dia 24 de outubro, quinta-feira, a partir das 19h. Para participar, basta se inscrever: bit.ly/cidademaishumana

 

Cidade mais humana, viva e plural

As instituições organizadoras destacam o aspecto humano da inovação, que será o elemento de maior destaque do evento. “A cidade é feita de pessoas e, por isso, queremos realçar como as pessoas estão inovando e melhorando a vida de outras pessoas, de forma justa, e livre de preconceitos”, ressalta Michele Bravos, diretora-executiva do Instituto Aurora. Serão seis convidados, com seis histórias inspiradoras. Cada um dos palestrantes terá 12 minutos para responder a questão: Como minha iniciativa inova e contribui para garantia de direitos e avanço dos ODS na minha cidade? O intenção é mostrar como as pessoas e suas iniciativas estão construindo cidades mais humanas e vivas, que incluem e acolhem pessoas em suas diferenças e promovem a vida em equilíbrio com o meio ambiente, estimulando ações sustentáveis e inteligentes.

Em formato inovador e dinâmico, a organização do evento decidiu desafiar os oradores a não usarem nenhum recurso de apresentação, slides ou projeção. Eles precisam falar sobre inovação sem usar recursos tecnológicos triviais. Para a fundadora da DePropósito Comunicação de Causas, Ester Athanásio, o Cidade + Humana é uma oportunidade de ampliar a voz de iniciativas transformadoras, promovendo o encontro entre lideranças, poder público e comunidade. “Vamos reunir pessoas com diferentes histórias, habilidades e conhecimentos, mas o que há de mais forte nelas é aquilo que as une, que é a vontade de construir uma cidade melhor para todos. Temos certeza a fala delas vai influenciar o público e instigar novas conexões que fomentam a inovação de forma inclusiva e com foco na igualdade social”, afirma. Além de convidar pessoas com ações inovadoras e de alto impacto social, o evento terá Jacob Cachinga, que é imigrante cego e negro, como apresentador. Jacob também é bailarino do projeto Dançar Sem Ver e fará uma apresentação de dança na abertura do evento.

 

Iniciativas convidadas, ODS alcançados

Michele Bravos, Instituto Aurora – ODS 4: Educação de Qualidade

Geovanna Conti, Youngers – ODS 5: Igualdade de Gênero

Lucas Kogout, TETO –  ODS 10: Redução das Desigualdades

João Pedro Novochadlo, Veever – ODS 11: Cidades e Comunidades Sustentáveis

Ariane Santos, Badu Design – ODS 12: Consumo e Produção Sustentáveis

Ester Athanásio (eu XD), DePropósito – ODS 17: Parcerias para Implementação

De pessoas para pessoas

Depois de ouvir o compartilhamento de histórias inspiradoras, o público poderá debater o tema com olhar de políticas públicas com os palestrantes e um dos representantes do poder público no Projeto Curitiba 2035. Miguel Roguski é arquiteto e urbanista no IPPUC e atua na articulação entre a sociedade e o Plano Diretor da Cidade, convergindo ideias e ações para o alcance dos ODS.

 

Serviço | Cidades + Humanas

24 de outubro, quinta-feira, às 19h

Engenho da Inovação | Vale do Pinhão

Ingressos gratuitos, mediante inscrição: bit.ly/cidademaishumana

Mais informações: depropositocomunica.org

[email protected]

Comments are closed.