Novas tecnologias transformam relação entre dentistas e pacientes

Você já ouviu falar em odontologia digital? Impulsionado pela chamada revolução da indústria 4.0, assim como em outras áreas da saúde, a Odontologia passa por um processo de transformação na relação entre dentistas e pacientes por meio do uso de novas tecnologias.

Segundo o coordenador do curso de Odontologia da UniDomBosco, Luiz Vicente Lopes, “escâners intra-orais e faciais, impressoras 3D, fresadoras, softwares simuladores, entre outros recursos fazem parte desta nova realidade nas clínicas brasileiras”.

Na Ortodontia atual é possível prever e visualizar o resultado do tratamento mesmo antes do início, corrigir uma maloclusão (mordida anormal) de forma confortável e previsível. Na parte estética/reabilitadora é possível realizar o preparo para coroa de um dente, confeccionar a prótese e instalá-la em uma mesma consulta.

“Novas tecnologias e técnicas surgem e crescem de forma exponencial, ocasionando um avanço no setor odontológico. Isso também faz com que o profissional sempre esteja em rápida e constante atualização.”, destaca Lopes.

De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o Brasil ocupa a quarta posição no mundo em procedimentos odontológicos realizados por ano. Além disso, nove a cada dez brasileiros considera importante ir ao dentista regularmente. As pessoas passam a buscar o tratamento odontológico essencialmente com a intenção de conservar a dentição, melhorar a saúde e o funcionamento mastigatório, além dos fatores estéticos.

“A odontologia passa por uma fase de valorização muito maior do diagnóstico e do plano de tratamento. A humanização do atendimento aliado às novas tecnologias representa o presente e o futuro da profissão”, afirma Luiz.

Mercado de trabalho

O profissional com graduação em Odontologia recebe o título de cirurgião-dentista. A formação permite atuar como clínico geral, além de buscar oportunidades de carreira entre as 23 especialidades reconhecidas pelo CFO.

Conforme o levantamento quantitativo do CFO, o Brasil conta com mais de 300 mil cirurgiões dentistas. De acordo com o conselho da categoria, as três áreas com maior número de especialistas são Ortodontia, Endodontia e Implantodontia.

“É uma profissão abrangente e com diversos campos de atuação. O profissional pode optar por abrir o próprio consultório, integrar uma equipe pré-existente, prestar concurso público ou até mesmo dedicar-se à docência”, explica Vicente.

Graduação

Lançado neste segundo semestre de 2019, o curso de Odontologia da UniDomBosco está com inscrições abertas para o vestibular 2020. A grade curricular pode ser cursada em tempo integral (matutino) no período de quatro anos ou regular (noturno) com duração de cinco anos. Mais informações estão disponíveis no site da instituição www.unidombosco.edu.br, na aba cursos – graduação presencial. [email protected]

Comments are closed.