Novos mercados fazem empresas tradicionais investirem mais em treinamento

0
122

Formação de lideranças, inovação e criatividade são alguns dos tópicos trabalhados com colaboradores de setores da indústria e de serviços

Com o aumento do número de negócios inovadores e disruptivos, a expectativa do público em relação a produtos e serviços também é incentivada. Startups, por exemplo, são comumente sinônimo de agilidade, simplicidade e de produtos inovadores; com isso, empresas tradicionais estão sendo desafiadas a melhorar sua performance em termos de atendimento e soluções de negócio.

Em 2019, foram investidas 15 horas em treinamento e desenvolvimento (T&D) por colaborador, em média. Essa foi uma das descobertas da 14ª edição do Panorama de Treinamento no Brasil, estudo que investiga os principais indicadores da gestão de T&D nas companhias instaladas no país, com 533 respondentes. De acordo com a publicação, a indústria é o setor que mais investe em T&D – em média R$ 754 por colaborador, por ano. O setor de serviços fica em segundo lugar, com R$ 690, e comércio em terceiro, com R$ 357.

O Grupo A.Yoshii, que atua na área da construção civil, trabalha em sua cultura organizacional o crescimento de seus colaboradores. Em 2019, foi investido R$1,8 milhão na capacitação e desenvolvimento de pessoas, tanto na formação de lideranças como no aprimoramento de pessoal da linha de produção. O programa de treinamento deste ano foi destinado a aproximadamente 350 colaboradores, incluindo área administrativa e liderança operacional, totalizando oito mil horas.

De acordo com o diretor de Recursos Humanos do Grupo A.Yoshii, Aparecido Siqueira, o foco de 2019 foi a área comportamental. “Além de aprimorarmos as particularidades de todas as áreas, queremos incentivar os valores da criatividade, inovação, liderança, trabalho de equipe e gestão do tempo. Oferecemos um olhar inovador para um ambiente mais tradicional, que é o da construção civil”, diz.

A construtora, que atua no segmento de obras corporativas e residenciais, como primeira moradia e alto padrão, também tem dedicado atenção para a área de Pesquisa e Desenvolvimento. “Buscamos novas ferramentas não apenas para canteiro de obras, mas para as funções internas. Recentemente adquirimos um robô que analisa informações numéricas, como contábeis e financeiras. Este robô gera relatório e permite que as pessoas se preocupem apenas em analisar os dados, e não em gerá-los. Com isso, elas podem atuar de forma mais estratégica”, explica. Para a A.Yoshii, isso se reflete em benefícios para o cliente, com preços justos e competitivos e aumento da qualidade, a partir da criação de melhores soluções para o público.

Investimento e reconhecimento

O Grupo A.Yoshii lidera o ranking do 17º anuário “Valor Carreira”, do jornal Valor Econômico, que elege as organizações com as melhores práticas na gestão de pessoas no País. Na categoria de 1.001 a 1.500 funcionários, a A.Yoshii conquistou nota 94, índice de 96% no quesito “engajamento” e 88% no quesito “prosperidade”. Em seu quarto ano consecutivo entre as cinco primeiras colocadas, a A.Yoshii recebeu o reconhecimento do Great Place to Work (GPTW) 2019, na categoria Grandes Empresas. A empresa também compõe o ranking das 150 melhores empresas para trabalhar no País, do Guia VOCÊ S/A, no segmento Construção Civil.

Para o próximo ano, o Grupo A.Yoshii prevê aumento de 22% no orçamento de RH. Esta visão mais estratégica, com uso de tecnologias para criar novas competências, se traduz na digitalização de indicadores, além de enaltecer a cultura organizacional. A intenção da companhia é deixar esses dados mais acessíveis, bem como aumentar a rapidez na transmissão de informações táticas dentro da empresa.

 

Grupo A.Yoshii

Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba, e acaba de expandir sua atuação para a cidade de Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo, e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. www.ayoshii.com.br

Comments are closed.