Projeto da Terapia AMI valoriza o lúdico e as sensações

0
158

Clínica de terapia cognitiva traz conceito inédito à Curitiba no atendimento de pessoas com deficiência neurológica e psicológica de todas as idades

A Terapia AMI abriu as portas oficialmente em julho, no bairro Campina do Siqueira, em Curitiba (PR).  A clínica de terapia cognitiva conta com uma equipe multidisciplinar focada em ajudar no desenvolvimento físico e intelectual de pessoas com deficiência neurológica e psicológica. Reúne tecnologia de ponta, conforto e privacidade para atender pacientes de todas as idade sem programas intensivos pensados a curto, médio e longo prazo.

Num espaço de 245 m² as arquitetas Camila Accioly e Marcela NiczAbage ajudaram a concretizar o sonho da psicopedagoga Flávia Maoski para oferecer terapias personalizadas em busca do desenvolvimento de cada paciente.

A clínica ocupa um andar inteiro do edifício Barigui Office e tem vista para um dos parques mais bonitos da cidade. A partir de uma intensa pesquisa, as arquitetas criaram um ambiente lúdico e multissensorial, tendo como prioridade a interação entre indivíduo e espaço.O resultado foi uma clínica com espaços inéditos em Curitiba.

No projeto optou-se pelo uso de cores neutras e linhas puras, em sua maior parte. Tudo foi pensado intencionalmente para que a atenção ficasse por conta de elementos específicos como, por exemplo, no volume em formato de casinha que traz o lúdico para o momento de espera do paciente infantil e para o painel super colorido criado no corredor de acesso às salas.

O mobiliário é mais um ponto forte do projeto e foi escolhido para trazer conforto e bem-estar. Destaque para algumas peças de design, como a cadeira Masters de PhillipeStarck e o “Eameselephant” de Charles & Ray Eames.

Recepção

Na recepção, o painel ripado cinza e os elementos em lâmina natural de madeira confortam os usuários e permitem uma experiência visual e de tato. O piso monolítico e os tons de cinza e branco nas paredes e teto ampliam os espaços.

Por um dos lados da recepção, chega-se à sala de psicomotricidade que tem como um dos principais elementos uma parede de escalada e diversos ganchos que permitem o uso de equipamentos suspensos nas atividades. “A parede de escalada é versátil, permitindo a troca de acessórios conforme necessidade e desenvolvimento de cada paciente. Tudo isso foi proposto para conseguir proporcionar um atendimento personalizado aos pacientes como era o pedido inicial da proprietária”, conta Camila.

Pelo outro acesso, chega-se a um amplo corredor, onde ficam a sala da diretora, cinco salas de atividades, sala sensorial, sala de convivência dos funcionários e banheiros.

Corredor é destaque no projeto

Por conta da disposição física do imóvel, o corredor ficou extenso e se mostrou uma grande oportunidade de explorar a criatividade, tornando-se um destaque do projeto. “Estivemos em contato com a equipe responsável pelo branding da clínica para desenvolver um painel que percorresse todo esse trajeto e também para a criação da comunicação visual das salas –com animais, cores e números, para deixar tudo mais alegre e descontraído”, completa Marcela.

A Casa Treze Studio foi a responsável em criar a arte para o painel que fica no corredor. As formas e cores das ilustrações se misturam de forma abstrata transformando o percurso até as salas em mais uma experiência sensorial. “A proposta desse painel e corredor é que em cada trajeto a pessoa se relacione de uma maneira diferente com ele, descobrindo sempre novas formas”, explicam as arquitetas.

Sala de visualização

Todas as salas de atividades foram projetadas para atender seus usos específicos. Um grande diferencial do projeto é a sala de visualização para pais e acompanhantes assistirem as terapias e o desenvolvimento dos pacientes sem invadir a privacidade dos mesmos, nem interferir no trabalho dos terapeutas.

Sala sensorial

A sala sensorial – mais um dos pontos altos da clínica – é bem ampla e possui uma subdivisão interna com uma sala especial totalmente escura com efeito da luz negra e com um piso infinito. A sala sensorial trabalha todos os sentidos para auxiliar os pacientes em suas novas descobertas e permite diversas possibilidades de uso.

SERVIÇO

Clínica Terapia Cognitiva Ami

Rua Luísa Dariva, 40 – Campina do Siqueira – Curitiba (PR)

http://www.terapiaami.com.br

 

DADOS PROFISSIONAIS

Nome do escritório: Camila Accioly e Marcela Nicz

Tel comercial: (41) 3022 0388

Celular: (41) 9956 0185 e (41) 99930 5700

email: [email protected]

 

Comments are closed.