Universidade promove Hackathon de Carreiras na área de TI

0
482

As inscrições para o segundo Hackathon de Carreiras da Universidade Positivo já estão abertas. Nesta edição, o evento reúne profissionais relacionados à área de Tecnologia da Informação para uma maratona de workshops e desenvolvimento de novas competências para o mercado de trabalho atual. Voltado a profissionais que estejam em busca de inserção ou recolocação profissional, o Hackathon oportuniza o contato com diversas empresas que possuem vagas abertas na área de TI.

Para a seleção, serão avaliadas hard skillssoft skills, lógica, além da competência técnica. Com o intuito de atrair participantes de várias regiões do país, o evento oferece uma ajuda de custo para os interessados em participar que residam a mais de 150 km de Curitiba.

Para o coordenador geral do Centro de Tecnologia da Informação da Universidade Positivo, Kristian Capeline, a ação é uma forma de atrair talentos para uma área que está em crescimento no país. “Esse mercado está aquecido e faltam profissionais qualificados para preencher as demandas das empresas. O Hackathon visa promover esse encontro e gerar oportunidades”, explica.

As vagas são gratuitas e limitadas. Os interessados podem se inscrever até o dia 10 de novembro pelo site www.up.edu.br/hack-ti. Depois da inscrição, os candidatos pré-selecionados passarão por testes técnicos entre os dias 15 e 20 de novembro, que irão classificar 600 participantes para o evento, que acontece no dia 30 de novembro. Durante o dia, os candidatos serão avaliados e apenas  200 serão selecionados para o pitch final. Para mais informações, acesse: www.up.edu.br/hack-ti.

 

Serviço

Hackathon de Carreiras – edição TI

Inscrições: até 10 de novembro

Data: sábado, 30 de novembro

Horário: das 7h às 20h

informações: www.up.edu.br/hack-ti

Local: Universidade Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Curitiba – PR)

 

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 60 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2018, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.

Primeira edição aconteceu em agosto e teve mais de 7 mil inscritos

Primeira edição aconteceu em agosto e teve mais de 7 mil inscritos
GD9

Comments are closed.