Demandas referentes à dengue podem ser solicitadas via Central 156

Com recorde de satisfação, Central 156 faz 1 milhão de atendimentos em 2017.Foto:Cesar Brustolin/SMCS

O recente boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Paraná mostrou aumento nos casos de dengue no Estado: na última semana, foram 305 novos casos registrados, sendo que a grande maioria contraiu a doença no município de residência. O mosquito Aedes aegypti, que pode transmitir até três doenças diferentes (dengue, febre chikungunya e zika), se prolifera em ambientes quentes e úmidos e, em casos mais graves, pode levar até a morte.

Campanhas de combate e prevenção são formas de incentivar a população a tomar os cuidados necessários para evitar a reprodução do mosquito. Além disso, Curitiba conta com serviços da Central 156, canal de comunicação entre o cidadão e a prefeitura desenvolvido e operacionalizado pelo Instituto das Cidades Inteligentes (ICI). Por meio do portal, chat e telefone, é possível solicitar limpeza de locais públicos, como praças e parques, denunciar locais que tenham água parada, além de obter orientações para prevenção e combate dos focos do mosquito.

O coordenador de Atendimento do Cidadão do ICI, Ozires de Oliveira, comenta que o serviço de inspeção de imóveis com possíveis focos de mosquito da dengue teve mais movimentação neste ano. “Até 30 de novembro foram feitos 1.289 registros, o que representa um aumento de 148em relação ao ano passado”, diz Ozires.

Para atender todas as demandas, a Secretaria Municipal do Urbanismo e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente fazem uma força-tarefa, dando prioridade nas solicitações dessa origem.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img