Quero Bolsa oferece 59 mil bolsas de estudo em faculdades no Paraná

Período de matrícula para o primeiro semestre de 2020 tem início com mais de 103 mil bolsas de estudo no Paraná, segundo levantamento do Quero Bolsa.

No Paraná, segundo dados do Censo da Educação Superior 2018 (o mais recente disponível), 51.5% das vagas oferecidas no ensino superior não foram preenchidas. O índice de ociosidade está abaixo da média brasileira, 55,7%. De acordo com a análise feita pela Inteligência Educacional do site quero.com, este é o maior nível de vagas não preenchidas da década.  

Mediante a essa defasagem, as instituições de ensino ampliaram a oferta de bolsas de estudo. O Quero Bolsa já registra mais de 103 mil oportunidades em cursos de graduação e pós-graduação nas modalidades presencial e a distância no estado do Paraná em 62 instituições de ensino. Faculdades como a Universidade Positivo, Uniandrade, Unicesumar, Fatec PR, Estácio e Unidbosco oferecem bolsas em todo o Estado. Só na região metropolitana de Curitiba, por exemplo, são 24 mil bolsas em 46 instituições de ensino, incluindo as informadas.

“Estamos no início do período de matrícula antecipada e as faculdades conhecem o desafio de preencher suas vagas. Com um cenário de restrição de financiamento estudantil e queda de renda, elas ampliam a oferta de bolsas de estudo e antecipam para o início do período de matrículas os descontos mais generosos”, explica Lucas Gomes, Diretor de Ensino Superior do Quero Bolsa.  “Um curso de Odontologia, em Curitiba, custa mais de R$ 3500,00, por exemplo. O valor acaba sendo um obstáculo para boa parte da população entrar no ensino superior. Entretanto, a plataforma oferece uma mensalidade de pouco mais de R$ 1700,00”, enfatiza. 

No pico do período de matrículas, as instituição de ensino costumam oferecer bolsas de no máximo 70%, mas neste momento há vagas no Paraná com 80% de redução nas mensalidades.

 

Facilidade

Para ajudar o aluno a encontrar uma bolsa de estudo, o Quero Bolsa desenvolveu um aplicativo que funciona nas plataformas Android e IOS onde o estudante faz sua pesquisa e, caso não encontre a bolsa desejada, basta habilitar a notificação para receber uma aviso assim que a bolsa estiver disponível. “Deste modo, a tecnologia ajuda o estudante a não perder a oportunidade de se matricular com uma bolsa de estudo que seja adequada a sua faixa de renda”, explica Gomes.

As bolsas de estudo reunidas pelo Quero Bolsa e disponíveis na plataforma são válidas durante todo o curso.

(m.p.)

 

Comments are closed.