São Francisco ganha visão contemporânea nas telas de Magali Robaina

A Biblioteca Central da Universidade Positivo recebe, até 13 de dezembro, a exposição “São Francisco, meu amigo”, da artista Magali Robaina. A série, formada por 23 telas compostas por técnica mista, retrata a imagem de São Francisco em uma versão contemporânea.

Para Magali, a ideia da mostra é promover uma aproximação com o público e, ao mesmo tempo, prestar uma homenagem ao Santo Padroeiro de causas ecológicas e nobres. “As telas foram tratadas com a alegria que a espiritualidade que São Francisco pede, com cores vivas e elementos contemporâneos, adaptados aos tempos modernos de uma fé dinâmica e de fácil assimilação”, revela.

Segundo a artista, as peças mostram a brasilidade, o folclore e as tradições, além da proximidade com as pessoas e com os animais, a tradição de São Francisco. “Em cada rosto das imagens nas telas a identificação, às vezes de um rosto conhecido, alguém do dia a dia”, finaliza.

Natural de Curitiba, a artista plástica Magali Tieppo Robaina possui formação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Paraná. Frequentou atelier de pintura do Museu Alfredo Andersen, tendo como orientadores Dalva Lobo, Ronald Simon, Denise Wendler e Luiz Lavalle e, desde 2013, frequenta o atelier de Arte Edílson Viriato.

 

Serviço

Exposição São Francisco, meu amigo, de Magali Robaina

Onde: Universidade Positivo – câmpus sede – Ecoville | Biblioteca Central (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Ecoville)

Quando: até 13 de dezembro

Quanto: entrada gratuita

Central Press

 

Comments are closed.