6 maneiras de manter sua saúde durante o isolamento em casa

Chefe do Pronto Socorro do Hospital Angelina Caron, a médica cirurgiã Mariana Singer acompanha a rotina de pacientes que necessitam de auxílio na urgência e emergência de um dos maiores hospitais do Paraná. Além de se manter isolado pelas próximas semanas, devido à pandemia do COVID-19, alguns cuidados são fundamentais para manter a saúde da família – e valem para todas as idades.  

A seguir, confira seis maneiras de manter uma rotina saudável durante o isolamento em casa:

1) Tenha uma alimentação saudável

Nosso sistema imunológico deve ser fortalecido ainda mais em tempos de quarentena. Para isso, é preciso uma alimentação saudável com horários definidos e regulares. A dieta mais rica do ponto de vista nutritivo inclui frutas, verduras, legumes e proteínas como carnes, ovos, leites e derivados, ou então as variantes proteicas da dieta vegetariana. Também é muito importante a ingestão de pelo menos dois litros de água todos os dias.

2) Faça atividades físicas

Muitas casas têm pouco espaço para se locomover, especialmente apartamentos. Mas usando a criatividade, é possível se manter ativo mesmo com restrição de espaço e equipamentos. Alongamentos e caminhadas de um cômodo para o outro, nos extremos da residência, são uma alternativa viável para crianças, adultos e idosos. Cuidado com os tutoriais de exercícios pela internet, que podem sugerir práticas pouco seguras.

3) Cuide da higiene pessoal

É sempre válido ressaltar a recomendação de lavar as mãos durante todo o dia e usar álcool gel, especialmente quando precisar sair de casa por um curto período. Além disso, os utensílios pessoais que tiveram contato com o ambiente externo, como chaves, celular, carteira, bolsas, sacolas de compras e os sapatos também devem ser higienizados ao retornar para casa.

4) Mantenha a casa limpa e ventilada

Abrir as janelas e as cortinas deve fazer parte da rotina de todos na residência, mesmo em dias frios, para manter o ambiente arejado e livre do vírus. Andar pela casa abrindo as janelas, sentindo o vento no rosto, é uma ótima forma de começar o dia e se movimentar. As faxinas também devem ser feitas periodicamente, com mais frequência dependendo do número de moradores. Foco maior na higienização das portas que dão acesso ao ambiente externo, corredores e banheiros.

5) Tenha sua carteira de vacinas em dia

Teve início nesta segunda-feira (23) a campanha nacional de vacinação, com enfoque inicial nos idosos e profissionais de saúde. Muitas prefeituras, como a de Curitiba, estão realizando na modalidade “drive-thru”, em que não é preciso nem sair do carro para se vacinar, em pontos específicos da cidade. É fundamental manter a carteira de vacinas em dia, tanto crianças, quanto adultos, especialmente as vacinas da gripe (influenza) e a antipneumocócica, oferecidas gratuitamente em todo o país.

6) Evite idas desnecessárias a UPAs e hospitais

As UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e os hospitais devem ser evitados ao máximo nas próximas semanas, ficando restritos aos casos de urgência e emergência. Nas situações em que alguém da família apresentar sintomas da COVID-19, a recomendação inicial é utilizar os serviços telefônicos e online que tiram dúvidas a respeito da doença em sua cidade. Depois, se for preciso apresentar-se na unidade de saúde, a pessoa com os sintomas deve aguardar no veículo, enquanto seu acompanhante procura os responsáveis para atendê-lo. Lembrando que, em casos de sintomas leves, não é recomendável procurar um hospital. Apenas se a febre alta persistir por dois dias ou mais, tiver falta de ar ou mal estar intenso.

No Paraná, a página oficial com todas as informações é a da Secretaria Estadual de Saúde.

1 comment

Comments are closed.