Colégio de Curitiba lança projeto em que alunos ensinam idosos a utilizar a tecnologia

Cada vez mais, os computadores, celulares e a internet se fazem indispensáveis no dia a dia de toda a população, por terem se tornado meios de comunicação, de busca de informação e por facilitarem a rotina em diversos aspectos.

Entretanto, a grande maioria dos idosos ainda sente dificuldades em acompanhar a tecnologia e acaba não aproveitando os benefícios que esses recursos podem oferecer.

Segundo o último resultado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os idosos ainda são o menor grupo etário de usuários conectados com a internet no país. Apenas 31,1% de toda a população com mais de 60 anos costuma acessar essa tecnologia, enquanto os jovens são o grupo mais conectado, com quase 90% da população com acesso à rede.

Pensando nisso, o Colégio Santo Anjo, da cidade de Curitiba, desenvolveu o projeto “Aprender Sempre”, no qual os alunos recebem idosos da cidade e ensinam, com muito amor e paciência, alguns usos da tecnologia que podem facilitar, entreter e ajudar o dia a dia deles.

O primeiro encontro do projeto aconteceu na manhã dessa quinta (12) e já rendeu ótimos resultados, vários novos aprendizados e muita troca de experiências.

Os alunos Santo Anjo ensinaram as visitantes a desenhar usando as ferramentas dos computadores e também a procurar informações na internet, como receitas, horários de ônibus e músicas. “Eu aprendi a fazer desenhos e a buscar receitas de bolos e pudins. Depois da experiência de hoje, aprendi que nunca é tarde para aprender alguma coisa”, conta Sônia de Fátima Souza Dias, uma das participantes do encontro.

Além do objetivo de mostrar às pessoas idosas como elas podem e devem utilizar o mundo digital a seu favor, a experiência traz aos jovens ensinamentos da Educação Socioemocional, como o respeito aos mais velhos, a solidariedade e a paciência para entender o outro.

“Nós pudemos aprender muito com elas. Conversar, entender como eram as coisas quando elas tinham a nossa idade e também ensinar a elas o que nós aprendemos diariamente na escola foi muito gratificante”, defende a aluna do 8.º ano, Nauana Secheto Santos.

O Colégio Santo Anjo, dentro do pilar de Tecnologia Educacional, traz modernos recursos mundiais para ampliar experiências e potencializar a aprendizagem com dinamismo e equilíbrio. Com a ação, os estudantes e os idosos têm a oportunidade de trocar experiências e conhecimentos.

O nome “Aprender Sempre” tem o objetivo de mostrar que não existe idade para parar de aprender, e que enquanto o aluno ensina, ele também aprende sobre a vida. Para a Assessora de Tecnologia Educacional do Colégio Santo Anjo, Jucineia Mayork, é de grande importância manter o cérebro trabalhando sempre, pois isso fortalece o raciocínio e ajuda a preservar a memória. “Existem milhares de informações importantes disponíveis na internet, e desenvolver habilidades e autonomia, se apropriando de conhecimentos para realizar buscas, torna o processo fácil e prazeroso para os idosos”, diz.

O Santo Anjo pretende seguir com o projeto, trazendo novas turmas de idosos e contribuindo para que a vida dessas pessoas fique cada vez mais conectada.

 

Sobre o Colégio Santo Anjo

O Colégio Santo Anjo nasceu em Curitiba, no ano de 1999, do sonho de transformar o mundo por meio da educação. As unidades do colégio são planejadas, criativas, dinâmicas e percebem o aluno como indivíduo, desenvolvendo com excelência as suas habilidades. As quatro unidades do colégio estão localizadas nos bairros Campina do Siqueira, Mossunguê (Ecoville) e Bigorrilho, oferecendo Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. [email protected]

Comments are closed.