Exposição inaugurada na galeria do Torriton Taunay

O galerista Rodrigo Morais (da Solo), com os artistas Felipe Scandelari e André Baía (os dois ao centro) e Alessandro Lelo, diretor de marketing do Torriton.

Está aberta para visitação na galeria do Torriton Taunay, no Batel, uma exposição inédita que reúne trabalhos dos artistas André Baía e Felipe Scandelari. Os dois jovens expoentes da arte contemporânea apresentam diferentes visões sobre a pintura, elementos da cultura pop, cores, contrastes e imagens impactantes. A exibição é realizada pela Galeria Solo, que representa os dois artistas, e tem parceria cultural com o Torriton. Fica em cartaz até o dia 15 de abril, com visitação aberta ao público e entrada franca.

O restaurateur Eder Fernandes e a noiva, a chef Mayara Ueda, também estiveram presentes na abertura.

Scandelari é curitibano, enquanto Baía nasceu em São Paulo, mas se radicou por aqui desde a infância.

Diandra Chamulera Mansano foi conferir a abertura da exposição que movimentou o Batel.

O estudo da figura humana e sua representação artística estão entre os principais vértices da obra de André Baía, que cria principalmente com tinta acrílica sobre tela

Rodrigo Ramon e sua sobrinha, Ana Laura Rodrigues, observam obra de Felipe Scandelari.

Felipe Scandelari utiliza principalmente a técnica de pintura a óleo e suas referências vão do surrealismo ao renascimento. Ironia e ambiguidade também estão presentes em suas temáticas.

Comments are closed.