Boas notícias para mulheres 40+

Nina Machado apresenta pautas positivas de bem-estar, superação, inovação e tecnologia para mulheres da geração y em blog e redes sociais

O blog Ficar Bem aos 40 está no ar como notícias positivas sobre assuntos que interessam ao público 40+. Com bom humor, tecnologia e muita inovação, o espaço criado pela jornalista Nina Machado reúne notícias de diversas editorias, dicas de produtos e marcas de credibilidade no mercado. “O Ficar Bem aos 40 é um espaço para difundir ótimas histórias de quem se reinventa, cria, inova e emociona na busca de uma melhor qualidade de vida e bem estar”, destaca a jornalista.

Segundo Nina, o Ficar Bem ao 40 nasceu depois que a jornalista superou uma depressão e percebeu que precisaria mudar o estilo de vida imediatamente. “Era preciso organizar as coisas, descobrir em mim novos talentos e pequenos momentos de satisfação”, diz a jornalista, que é atuante na área de inovação e empreendedorismo feminino.

As editorias do Ficar Bem aos 40 são as seguintes: Negócios & Carreira, Casa & Decoração, Dieta & Nutrição, Entretenimento, Esportes, Gastronomia, Moda & Beleza, Saúde & Bem Estar e Viagens & Lazer. Além do site, o projeto está também no Instagram e no Facebook.

Conheça o Ficar Bem Aos 40 – https://ficarbemaos40.comandonews.com.br/
www.instagram.com/ficarbemaos40
www.facebook.com/vaninamachado78

Sobre Nina Machado 


Vanina Machado (Nina) é sócia e diretora executiva da Comando News – Comunicação e Conteúdo. Jornalista há 20 anos, é especializada em marketing pela FAE e gestão de pessoas pela UFPR. Trabalhou no mercado corporativo por mais de 15 anos e, em 2016,  trocou uma carreira na área comercial para buscar uma vida mais conectada com sua essência e propósito. Criou o projeto “Ficar Bem aos 40” no Instagram e na internet para falar de forma sincera e atual sobre assuntos do universo feminino 35+. Além disso, é co-editora do Corra Mais, do portal RIC Mais, editoria sobre corrida de rua e repórter na editoria Inova Mais, sobre o ecossistema de inovação no Paraná.

Comments are closed.