Como educar as crianças em casa em tempos de Coronavirus?

Sem a rotina escolar saiba como as famílias podem adaptar os estudos em casa

Com a rotina escolar paralisada devido ao Coronavírus, muitas famílias estão tendo dificuldades em fazer as tarefas da escola em casa. A psicopedagoga e diretora da Clínica de Terapia Cognitiva AMI, Flavia Maoski, fala que é hora de respeitar o seu momento e do seu filho. “Se não der pra fazer as atividades hoje, tudo bem, faça amanhã. Não transforme este momento tão delicado em família em mais um estresse, tenha calma e não se culpe”, aconselha.

Flávia lista cinco dicas essenciais para a educação domiciliar funcionar, mesmo que de forma improvisada. E o mais importante de tudo, são dicas para as famílias conviverem melhor durante a hora dos estudos.

1 – Cada família ensina de uma forma. Vale destacar que a metodologia de hoje nem sempre condiz com a metodologia que tivemos quando fomos estudantes. Então, aproveite para estudar junto com seus filhos e para aprender com eles sem tantas cobranças.

2 – É normal que as crianças estejam sem paciência para fazer as atividades. Nenhum processo pedagógico funciona sob estresse e ansiedade, por isso procurem se respeiter ao máximo.

3 – Busque vídeos educativos na internet e sempre que possível passe a atividade para o concreto, para a realidade. Trazer exemplos práticos tornam o exercício mais fácil. Utilize materiais simples que você tenha em casa para fazer contas de somar e subtrair, por exemplo.

4 – Tente fazer as atividades de forma lúdica. Procure fazer com que essas memórias de estudo em família sejam agradáveis.

5 – Lembre-se: as escolas vão ter que rever tudo isso que está sendo feito em casa quando as aulas voltarem, então não carregue todo o peso de ensinar para si.

Sobre a Terapia AMI: clínica de terapia cognitiva, localizada em Curitiba (PR), que reúne tecnologia de ponta e uma equipe multidisciplinar super capacitada para atender pessoas de todas as idades. São profissionais como psicólogos, neuropsicólogos, psicopedagogos, musicistas, fonoaudiólogos, psicomotricistas, terapeutas ocupacionais e arteterapeutas que oferecem programas a fim de atingir ao máximo o potencial de cada paciente, considerando suas habilidades e limitações, sejam elas oriundas de uma situação momentânea ou de algum transtorno comportamental. Com protocolos personalizados, os tratamentos podem ser feitos com psicoterapia, fonoaudiologia, terapias em grupo, cão-terapia e atividades lúdicas, além de atendimentos no contraturno escolar ou focados na alfabetização. As salas da clínica contam com uma área para visualização para que pais e/ou responsáveis possam acompanhar os atendimentos e a evolução dos pacientes sem invadir a privacidade dos mesmos nem interferir no trabalho dos terapeutas.

Instagram: @terapiaami

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img