O perigo de usar a Internet como nutricionista

0
280

*Por Eduardo Costa

Na era das fake news, é imprescindível verificar a fonte das fitips. Isso porque, a cada dia que passa, cresce a tendência que aponta para a vida fitness e saudável como o lifestyle ideal. Por isso, surgem diariamente na internet muitas plataformas diferentes para falar sobre o assunto, desde influencers até sites e blogs com dicas do que se pode ou não comer, quantas vezes e quais exercícios deve se fazer, entre outras orientações.

Essa vontade de levar uma vida mais saudável é incrível, mas é importante sempre saber de que fonte vêm cada uma dessas recomendações, pois muitas podem não ter um profissional qualificado por trás para dar o embasamento necessário.

Não é difícil entender o motivo do crescimento exponencial de plataformas de alimentação que, na verdade, não contam com nutricionistas como embaixadores. Por muito tempo, quando alguém tinha vontade de emagrecer, engordar com massa magra ou apenas ter uma rotina mais saudável, essa pessoa iria ao nutricionista e sairia de lá com dezenas de papéis onde estariam todas as recomendações – de cardápios a pedidos de exames. Isso nem sempre era bem recebido e, de fato, nada prático. Esse cenário, levou as pessoas a procurarem alternativas rápidas em detrimento de marcar sua consulta com um profissional da área para obter uma dieta apropriada, que se adeque aos gostos pessoais e ao dia a dia do indivíduo.

Parece claro para muitos, mas nem sempre as pessoas se dão conta de que precisam de um profissional as acompanhando diariamente. Afinal, para que se deslocar, se um aplicativo pode te falar todas as refeições do seu dia? Será que o nutricionista lembraria do seu histórico até sua próxima consulta? Olhando essa situação e percebendo a necessidade de uma maneira mais prática para os profissionais da Nutrição fidelizarem seus pacientes e se relacionarem com eles, surgiu a Dietbox, hoje responsável pelo software de nutrição mais utilizado no Brasil.

Nossa startup tem como objetivo fortalecer e apoiar o mercado de Nutrição a partir da tecnologia, focando, principalmente, no relacionamento com os profissionais, uma vez que em tantas outras plataformas e sites disponíveis a figura do nutricionista é cada vez mais distante, e as informações cada vez mais genéricas.

A Dietbox se destaca não apenas por ser o primeiro software online do segmento, mas também por ter uma larga rede de nutricionistas – mais de 80 mil profissionais e estudantes no sistema. No aplicativo, o paciente pode consultar seu plano alimentar, manter seu diário de refeições, acompanhar metas e conversar em tempo real com seu nutri, além de passar por todos os processos de avaliação nutricional, prescrição de cardápios e anamnese. As informações estão, literalmente, a um clique de distância, como deve ser.

Um dos nossos principais objetivos enquanto empresa é transformar e fortalecer o mercado do profissional de Nutrição através de inteligência de mercado, tecnologia e relacionamento sólido com os diferentes stakeholders envolvidos no processo. Esses objetivos são cada vez mais percebidos à medida em que a empresa trabalha para posicionar o nutricionista como protagonista em um mercado no qual existem muitas fontes diferentes dando dicas sobre alimentação e vida saudável.

Encontramos uma oportunidade em um mercado que, para muitos, parece saturado. E como parte da nossa missão, procuramos lembrar diariamente nossos stakeholders, pacientes e potenciais pacientes de que a internet é, sim, maravilhosa, mas que é necessário sempre verificar as sugestões feitas por qualquer pessoa, ferramenta ou plataforma que não seja construída e abastecida por profissionais da área, ou que não realize acompanhamentos individuais e personalizados.  Afinal, parece óbvio, mas é sempre bom lembrar que protocolos nutritivos genéricos, exercícios mais intensos do que o que o corpo pode aguentar ou qualquer mudança na rotina que aconteça de maneira radical pode acabar tendo o efeito contrário do desejado e ser prejudicial à saúde.

Eduardo Costa é sócio-fundador da Dietbox, startup responsável pelo software de Nutrição mais utilizado no Brasil