Coronavírus: qual ajuda podemos oferecer às famílias nesse momento?

0
141


Há muitas maneiras de auxiliar pessoas do grupo de risco e aquelas que não têm condições básicas de sobrevivência. Saiba como!

Diante da crise da Covid-19, muitos brasileiros, seguindo as orientações dos órgãos oficiais da Saúde ausentaram-se de seus postos de trabalho e atividades diárias e adotaram o isolamento social como forma de conter o avanço da doença. Muitos outros continuam na linha de frente prestando todo apoio às populações.

E mesmo nesse cenário desafiador, a Solidariedade pode se fazer presente. Há muitas maneiras de ajudar pessoas do grupo de risco (idosos, diabéticos, hipertensos, gestantes, indivíduos com insuficiência renal, doença respiratória grave e problemas cardiovasculares) e aquelas que não têm condições básicas de sobrevivência.

A Legião da Boa Vontade (LBV), por exemplo, mesmo com suas atividades temporariamente suspensas em várias localidades, segue auxiliando as famílias em risco social assistidas por ela em seus serviços e programas socioeducacionais entregando itens de primeira necessidade tais como alimentos e material de limpeza e de higiene pessoal.

Faça parte deste Time da Solidariedade:
Sua ajuda é fundamental neste enfrentamento ao novo coronavírus, pois muitas dessas famílias não têm como fazer refeições diárias e nutritivas e nem a higiene pessoal ou do local onde residem. Algumas medidas solidárias ajudam a diminuir os prejuízos do coronavírus na vida de milhares de famílias mais vulneráveis.

Acesse lbv.org e doe!
Doe cestas de alimentos (arroz, feijão, óleo de soja, açúcar, macarrão, farinha de mandioca, fubá, extrato de tomate e sal) e kits de limpeza (sabão, água sanitária, desinfetante, detergente, álcool 70% e limpador multiuso).

Espalhe a Solidariedade:
Compartilhe conteúdos de esperança. Acesse o blog da LBV (www.lbv.org/noticias), acompanhe as ações solidárias da Legião da Boa Vontade em prol das famílias nesse período de pandemia e ajude a espalhar a Solidariedade.

Ore pelas pessoas:
Qualquer ajuda aos que mais sofrem nesse momento é válida. Orar dá tranquilidade e renova a esperança para que as pessoas busquem as soluções dos problemas que podem surgir a todo instante (acesse www.boavontade.com/tv).

Ajude na rotina de alguém:
Se você não faz parte do grupo de risco e puder, ofereça ajuda para ir ao mercado, à padaria ou farmácia, fazer faxina mais pesada ou até mesmo para servir de companhia. Mas lembre-se: siga sempre as dicas e recomendações dos órgãos oficiais de Saúde e se cuide.

Comments are closed.