MTM Tecnologia anuncia aplicativo para agendamento de doação de sangue durante surto do novo coronavírus

0
164

Ferramenta, doada pela MTM Tecnologia, simplifica processo de agendamento e identificação de postos de coleta para doações de sangue em todo o Brasil

Com o avanço da pandemia do novo Coronavírus, a MTM Tecnologia anuncia o lançamento do Aplicativo Sangue Verde Amarelo, aplicação móvel para agendamento de doação de sangue em estádios. Doado pela MTM Tecnologia, o aplicativo faz parte de uma ação de parceria entre a Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (ABHH) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com apoio da Associação Paulista de Medicina (APM) e a Associação Brasileira de Linfoma, entre outras organizações.

“Logo nas primeiras semanas da pandemia de COVID-19 no Brasil houve uma drástica queda dos estoques de sangue em grande parte do País, o que pode comprometer o atendimento aos pacientes que necessitam de transfusões de sangue e derivados”, afirma Gustavo Perez, Diretor-Executivo da MTM Tecnologia. “Nosso objetivo é, com o app Sangue Verde Amarelo, manter os estoques dos bancos de sangue durante esta crise e incentivar a doação voluntária de sangue de forma segura e ágil, evitando aglomerações”.

A solução permite, entre outras coisas, o agendamento de números limitados de doadores com horário a escolha do doador e de maneira compatível com a capacidade de coleta do local da doação, evitando grande fluxo de candidatos no mesmo horário, visando garantir a segurança dos voluntários e das equipes de saúde.

Com o app, os usuários poderão encontrar informações sobre os postos móveis instalados em estádios, detalhes a respeito da doação e quem está apto a contribuir, receber alertas de confirmação e lembrete dos agendamentos realizados e preencher uma pesquisa de satisfação que é enviada automaticamente para o doador após a doação. “Além disso, teremos o recurso para agendamento on-line da coleta para o doador. Em breve disponibilizaremos um funcionalidade para que os serviços de hemoterapia interessados em participar possam se inscrever para que a comissão organizadora verifique se o Estádio correspondente à cidade estará disponível para a doação. Também iremos informar aos usuários do app sempre que um evento estiver ocorrendo em sua região”, acrescenta Perez. Para realizar o agendamento, os usuários deverão preencher um cadastro básico com informações de contato. Além disso, é necessário informar se já doou sangue – caso a resposta seja positiva, o doador precisará destacar o mês e o ano da última coleta. Os critérios e as idades permitidas para os participantes e a frequência de doações estarão disponíveis no sistema, no momento da conclusão do cadastro, bem como orientações quanto à documentação necessária.

O aplicativo integra o projeto “Doação Segura”, instituído pela ABHH na campanha Sangue Verde e Amarelo, e já está disponível para download nas lojas online App Store (iOS) e Google Play (Android). A aplicação integra, também, as ações em grandes estádios de todo o País, como a iniciativa realizada entre os dias 7 e 9 de abril, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), que mobilizou mais de mil doadores. A próxima etapa acontece no Allianz Parque, também em São Paulo, nos dias 26, 27 e 28 de maio.

“O cenário da pandemia do novo coronavírus inevitavelmente ameaça a continuidade do tratamento e até põe em risco a vida de pacientes que precisam de transfusão de sangue”, explica o hematologista e hemoterapeuta Dante Langhi Jr., presidente da ABHH. “Por isso não medimos esforços para lançar a Campanha Sangue Verde e Amarelo e deixamos claro que a doação de sangue não representa risco de contaminação, basta que os cuidados de evitar aglomerações, como o agendamento, sejam seguidos”, completa Langhi ao exaltar a Campanha Sangue Verde e Amarelo e agradecer aos parceiros.

Comments are closed.