Como preparar novos líderes para cenários em constante transformação?

O Grupo DB1 está em constante movimento para que os novos líderes estejam capacitados para inspirar e entregar resultados alinhados com os propósitos da empresa

Programa de Formação de Novos Líderes 2019

Fabricio Rigotti na conclusão do Programa de Formação de Novos Líderes

O mercado de trabalho cada vez mais necessita de líderes preparados e qualificados para atender às demandas e os desafios de cenários em constante transformação. Os líderes devem saber ouvir e se comunicar com pessoas de diferentes níveis hierárquicos, transitar por diversas culturas e práticas de negócio, reconhecer talentos e basear sua liderança na colaboração entre profissionais com competências complementares.

Líderes de destaque possuem alguns valores em comum como empatia, resiliência, escuta ativa, adaptabilidade, flexibilidade, propósito, capacidade de comunicação e de resolver problemas, por exemplo. Mas como desenvolver habilidades de liderança em colaboradores com potencial para assumir futuras posições de liderança?

Esse é o objetivo do Programa de Formação de Novos Líderes, organizado pelo Grupo DB1, formado por empresas brasileiras de tecnologia com escritórios no Brasil, Argentina e Estados Unidos, que acontece desde 2017 e já capacitou mais de 90 líderes.

Novas lideranças para um “novo normal”

E agora, em 2020, neste cenário onde a transformação é a tônica das empresas e o home office a realidade do trabalho, o programa contará com 13 módulos de desenvolvimento, ministrados de março a novembro, nos quais outros 34 colaboradores deverão ser capacitados.

Com duração de 42 horas, o treinamento aborda temas de extrema relevância frente aos desafios de liderar equipes, gerenciar conflitos, negociação, inteligência emocional, tomada de decisão, comunicação assertiva, gestão de tempo, indicadores e de projetos, entre outros temas que guiarão os passos dos novos líderes.

Ao final da capacitação, os participantes devem apresentar um trabalho de conclusão de curso (TCC) com o tema de um dos módulos apresentados e que possa ser implementado na própria empresa, na sua área de atuação. Os colaboradores que frequentarem 75% das aulas ministradas e obtiverem 80% de aproveitamento no trabalho de conclusão receberão certificado e estarão aptos a assumir cargos de liderança na empresa.

Lideranças inspiradoras

Fabricio Rigotti foi contratado em 2019 para assumir a gerência de TI no Grupo DB1, uma função repleta de desafios. Ainda mais por ser o 4º gestor da equipe em apenas dois anos.

O cenário encontrado na época no setor de TI foi de uma equipe cansada. De acordo com Fabrício, “a rotatividade de gestores na área era grande e o time estava desmotivado. Em consequência, as áreas internas da DB1 que consumiam serviços da TI reclamavam e preferiam tentar resolver os próprios problemas para evitar chamar a TI”.

Foi em meio a esse ambiente que ele começou no Programa de Formação de Novos líderes em 2019, o que contribuiu muito com o desenvolvimento e engajamento do time, sobretudo os módulos “Como Fazer Gestão com Foco em Pessoas”, “Gestão do Tempo” e “Management 3.0”.

Fabrício conta que desde o início identificou o potencial da equipe, “porém esse potencial não estava sendo canalizado da forma correta nas atividades desenvolvidas pelo setor. Faltava direcionamento, processos, gerir melhor o tempo assim como também havia muita sobrecarga em alguns indivíduos específicos. Foi preciso avaliar o cenário para poder caminhar para as mudanças”.

Com o que aprendeu no curso, traçou um plano de ação com alguns passos-chave. Cards motivacionais foram aplicados individualmente e permitiram realizar uma gestão com foco em cada um dos colaboradores. Uma matriz de responsabilidade foi criada identificando o nível de cada um com base na matriz de competência, cuja finalidade é identificar quantos colaboradores são necessários para cada competência.

Também foi criado o Quadro Gestão do Conhecimento, onde cada um colocou seu nome em um dos três estágios, Quero Aprender, Estou Estudando e Posso Ensinar, o que possibilitou acompanhar a evolução década colaborador.

E para melhorar a gestão de tempo de toda a equipe, foi criada uma planilha de controle, com as atividades listadas por prioridade, com status de andamento e previsão de entrega.

Como resultado, pela primeira vez, a equipe bateu a meta de 8,5 na pesquisa de satisfação interna, atingindo 8,6, e concorreu ao Awards 2019 com três indicações, conquistando o troféu de camaradagem.

O ambiente de trabalho que era pesado, transformou-se em um cenário de muita união e parceria, com todos querendo ajudar e fazer parte do resultado e conquistas.