Médica alerta para a importância da exposição ao sol em tempos de pandemia

0
125

Estudo aponta que 25% das mulheres da região Sul tem deficiência da vitamina D

Médica alerta para a importância da exposição ao sol em tempos de pandemiaoes

 

O isolamento social, medida adotada pela população mundial para conter o coronavírus, fez com que as pessoas evitassem a sair de casa e muitas não tivessem mais acesso ao sol. Segundo estudo de uma universidade alemã, a deficiência de vitamina D está associada com o desenvolvimento de quadros mais graves da doença causada pelo coronavírus. “Ainda que não seja comprovada essa tese, é imprescindível ressaltar a importância desta vitamina no fortalecimento do sistema imunológico”, explica a diretora técnica da Eden Clínic, a médica Márcia Simões.

Mais de 90% da vitamina D presente no corpo humano é produzida por um processo bioquímico desencadeado quando os raios solares incidem na pele. Segundo a especialista, você pode estimular a produção da sua vitamina D se expondo ao sol em torno 20 minutos por dia, nos horários do sol mais forte, sem proteção solar e com boa parte do corpo exposta!

Além das funções mais conhecidas relacionadas à saúde dos ossos, a Vitamina D é responsável também por outras atividades, trabalhando como reguladora do crescimento, sistema imunológico, cardiovascular, músculos, metabolismo e insulina. “Níveis normais de vitamina D são responsáveis também por uma gravidez mais segura, diminuindo as chances da gestante de ter doenças como hipertensão e diabetes gestacional, e também é amplamente estudada no tratamento de doenças autoimunes”, alerta.

A médica indica que, mesmo durante o isolamento social, é preciso priorizar a exposição solar como fator essencial para manter a saúde em dia. “Se em casa a pessoa não tem acesso a exposição solar, vale colocar a máscara, levar o álcool, tomar todos os cuidados e sair por 15 a 20 minutos para tomar sol. Além de aumentar a produção de vitamina D, o ato também está ligado ao bem estar, com a diminuição do risco de depressão, melhora da qualidade do sono, entre outros benefícios”, completa.

Márcia lembra que suplementos de vitamina D são vendidos sem receitas em farmácias, porém é importante consultar o médico e avaliar os exames para ver se realmente é necessário fazer a suplementação. “Importante também avaliar qual tipo adequado de vitamina D repor e lembrar da importância da reposição em conjunto com a vitamina K2, que é necessária para adequada absorção da vitamina D”,  ressalta a médica.

Sobre a Eden Clinic:

Sob o comando da médica Márcia Simões, a Eden Clinic atua no desenvolvimento de um plano de ação individualizado para cada paciente, que prioriza a saúde, longevidade e qualidade de vida, por meio do tratamento da fisiologia e harmonização hormonal. A clínica oferece equipe multidisciplinar, com o objetivo principal do equilíbrio entre o corpo e a mente, com atendimento psicológico, nutricional e estético, e também consultoria esportiva presencial e online com personal trainer, além da técnica japonesa Seitai, que realiza a harmonização da estrutura óssea, auriculoterapia, e massoterapia, com o método Renata França e de liberação miofascial.

www.edenclinic.com.br