Novos hábitos de autocuidado devem continuar em alta mesmo com o fim da pandemia

Novos hábitos de autocuidado devem continuar em alta mesmo com o fim da pandemia

Autoestima elevada transforma a mulher em uma pessoa mais segura e feliz / Autor: Lesly Juarez / Fonte: Unsplash

Toda mulher que pratica o autocuidado e eleva sua autoestima tem chances de ser mais saudável. O sentimento traz mais confiança em si mesmo, empoderando mulheres a enfrentarem os desafios que surgem em diferentes campos da vida. Um dos pilares do autocuidado está nos rituais de beleza.

Por conta da pandemia mundial e do isolamento social, o tempo extra fez com que as pessoas olhassem mais para si e separassem momentos para cuidar da pele e deixar os cabelos mais saudáveis. Além de ser uma forma de matar o tédio, esses novos hábitos são importantes para manter a saúde e devem se consolidar mesmo quando a quarentena acabar. Embora o Brasil já seja o quarto maior mercado de beleza e cuidado pessoal no mundo, as perspectivas prometem que esse comércio aqueça ainda mais.

Mesmo durante o isolamento foi registrado um crescimento significativo do setor. A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) aponta que houve um aumento de 92,8% na venda de máscaras faciais, 8,3% dos hidratantes para o rosto e 14,7% dos cosméticos para marcas de expressão e envelhecimento. Esse crescimento compara o período de janeiro a maio desse ano com o ano anterior.

E apesar de parecer que os itens de maquiagem estão guardados na gaveta enquanto as pessoas ficam em casa, não é isso que os números indicam, já que a procura por esses produtos também cresceu durante esse período. A mesma pesquisa da ABIHPEC aponta que foi percebido um aumento de 36,7%. Acredita-se que mesmo em home office as mulheres continuem se maquiando para suas vídeo chamadas e também como forma de levantar o astral.

Assim como a maquiagem, o perfume também está associado à vida social. Porém, graças ao mercado on-line o setor de perfumaria não ficou para trás durante a pandemia. Na campanha de Dia das Mães o comércio se mostrou aquecido e a perspectiva é de um aumento nas vendas dos perfumes importados femininos e masculinos para o fim do ano.

Enquanto a pandemia perdurar, é importante se adaptar para o mercado on-line. Grandes empresas presentes no digital não sentiram os impactos, o desafio fica para pequenos comerciantes do setor. De qualquer forma, quando o isolamento social chegar ao fim, os novos hábitos conquistados durante esse período devem permanecer na rotina dos brasileiros. Se com distanciamento o comércio se manteve, com a volta das atividades sociais a previsão é que o setor aqueça ainda mais.

m.p.a.