Paraná quer fortalecer o segmento do turismo em motorhome

Assunto foi discutido em reunião com o Grupo Estradeiros do Paraná. Medidas estão sendo estudadas para garantir conforto aos que viajam em veículos equipados com espaço de convivência e amenidades encontradas em uma residência.

Paraná quer fortalecer o segmento do turismo em motorhome

Integrantes do Grupo Estradeiros do Paraná foram recebidos na Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo nesta quarta-feira (26) para discutir a inserção do Paraná nos roteiros de viagens dos proprietários de motorhome do país.

Eles tiveram uma primeira conversa com a Paraná Turismo, vinculada à Secretaria, para solicitar estrutura aos associados e apresentaram detalhes da feira programada para acontecer no Expotrade Pinhais, em Curitiba, de 1º a 6 de dezembro deste ano.

“Essa reunião foi importante porque abriu uma porta para um segmento de turismo ainda não explorado no Estado”, disse a diretora técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta.

Os clubes de motorhome têm como principal característica conhecer e explorar os atrativos turísticos nas suas regiões. “Vamos estudar essa modalidade e atuar na questão do conforto dos participantes, principalmente neste momento em que o Governo do Estado trabalha para a retomada do turismo pós pandemia”, completou Isabella.

RETOMADA – O Paraná prevê um projeto de retomada do turismo regional nos segmentos de aventura, ecoturismo e em especial as áreas naturais, que oferecem uma sensação de conforto ao evitar lugares fechados e sem aglomeração de pessoas.

Para atender as demandas dos viajantes e viabilizar o turismo através dos motorhomes, a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo prevê um planejamento junto às concessões do Estado. O objetivo é incluir como obrigação das concessionárias promover o atendimento aos veículos de motorhome nos postos de Serviços aos Usuários.

Outra medida estudada pela Secretaria é a adequação de Unidades de Conservação para acolher os veículos com acampamento. “Muitos municípios já possuem estrutura. Nosso trabalho agora é para que o Grupo Estradeiros do Paraná percorra os locais que já possuem estrutura enquanto outros locais estão sendo preparados com estacionamento amplo, tomada elétrica e torneiras para atender as necessidades dos viajantes”, afirmou a diretora de Desenvolvimento e Inovação da Secretaria, Camila Aragão. “Estamos preparando um roteiro de pontos turísticos para que, ainda este ano, eles possam explorar nosso Estado”, completou.

“Saímos entusiasmados da conversa na Secretaria. Nossa grande solicitação é um mapeamento dos pontos turísticos que o Estado tem e um ponto de apoio aos viajantes com torneira e tomada de energia em locais que suportem o estacionamento dos nossos carros”, afirmou o presidente da Associação dos Estradeiros do Paraná, Moacir Antonio Feiten.

O Paraná tem mais de 2.500 pontos turísticos a serem explorados e a Associação tem mais de 40 mil veículos cadastrados no país e 680 no Estado. “Nossos associados andam pelo Brasil todo e queremos provoca-los para que visitem os atrativos turísticos dentro do Paraná”, disse Feiten.

ESTRADEIROS – A Associação dos Estradeiros do Paraná completa 30 anos de existência em 2020. Seu objetivo é divulgar e promover esse estilo de vida com eventos em diversas regiões do Estado.

Os eventos programados para comemorar a data foram cancelados devido à pandemia do Covid-19 e a expectativa é retomá-los com a Exposição no Expotrade Pinhais.

A única viagem que não foi cancelada e está programada para o mês de dezembro é para Francisco Beltrão, no Sudoeste do Estado, onde os associados se reúnem no Parque Municipal da cidade. São esperados 400 carros e cerca de 1.200 pessoas.

EXPOSIÇÃO – A feira no Expotrade Pinhais é a 5ª realizada no Brasil e a 1ª no Paraná. Ela vai contemplar a exposição de veículos novos e de todos os acessórios para a fabricação de um motorhome.

Está confirmada a participação de 50 fábricas de motorhomes do Brasil e cerca de 200 empresas que vendem acessórios para os veículos. Também está prevista a presença de empresas da Espanha, Itália, Argentina e Uruguai.

A estimativa é de que 5 mil pessoas circulem pela exposição durante os seis dias. A feira é espelhada no Salão do Automóvel promovido em São Paulo, mas especificamente para o segmento motorhome, que é um estilo de vida ainda pouco difundido no país.

“A feira é uma vitrine de oportunidades para que os empresários possam investir no segmento no Estado. A pandemia levou as pessoas a pensarem mais no estilo de vida que querem seguir e motorhome é uma grande oportunidade de liberdade”, destacou o presidente da Associação dos Estradeiros do Paraná.

INCENTIVO –  O gerente da área de Mercado e novos negócios da Invest Paraná, Nikolas Lima, destaca que o Governo do Estado trabalha para ampliar cada vez o Programa Paraná Competivivo, de incentivos fiscais e financeiros para os empresários que têm interesse em investir no Paraná.

“Já existe incentivo para o setor automotivo vinculado ao programa Paraná Competitivo, gerido pela Invest Paraná. Nossa missão é apresentar os programas para que as indústrias se interessem em investir no Estado, em loja física ou até mesmo pela internet  através dk e-commerce”, disse ele.

Fonte: AEN