Equipe do UNICURITIBA é destaque mundial em competição da ONU

0
197

Equipe do UNICURITIBA é destaque mundial em competição da ONU

O Grupo de Pesquisa Sistema ONU, do UNICURITIBA, foi destaque na rodada preliminar online da 12ª edição do Nelson Mandela World Human Rights Competition, organizado pelo Escritório do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, uma seção do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), e pela Universidade de Pretória, da África do Sul.

A instituição conquistou a 9ª colocação entre as universidades do mundo no sistema global de proteção dos direitos humanos (colocação geral) – à frente de grandes nomes como Yale, Geneva Academy e USP – e ficou em 8º lugar como a melhor universidade nas rodadas orais em língua inglesa, em um universo de 43 instituições de ensino superior.

Realizado entre os dias 19 e 23 de setembro, o evento teve uma dinâmica diferente nesta edição, com apresentações orais virtuais em função da pandemia. De acordo com a professora Priscila Caneparo, coordenadora do Grupo de Pesquisa, a mudança não intimidou a equipe. “Nada diminuiu o empenho e a dedicação do time”, comemorou.

DIREITOS HUMANOS

O Grupo de Pesquisa Sistema ONU conta com seis integrantes. Na competição deste ano participaram as estudantes Sabrina Maciel (Relações Internacionais), Kimberly Oliveira (egressa do curso de Relações Internacionais e atualmente cursando Direito) – ambas oradoras durante as apresentações à banca avaliadora – e Nicolle Bigochinski (Direito), que atuou como pesquisadora.

Segundo Kimberly, a temática desta edição envolveu direitos à alimentação, meio ambiente sadio, religião, associação e liberdade de opinião. “Ficar entre os dez melhores do mundo foi uma grata surpresa. Competimos com universidades de renome nacional e internacional e colocar o nome do UNICURITIBA ao lado delas é fruto de muito estudo, trabalho e ensaios”, conta.

“Terminamos a aventura do team UNICURITIBA em 2020 com a certeza de que fizemos o nosso melhor e de que no próximo ano estaremos mais preparadas”, garante a estudante.

BANCA INTERNACIONAL

Para garantir a classificação na rodada preliminar, as acadêmicas realizaram a exposição de seus argumentos por meio de memoriais e trabalhos escritos – referente a um caso hipotético – em frente a juízes internacionais, de diversas nacionalidades.

“Essa é a terceira participação do grupo na competição e foi a melhor posição já alcançada pelo UNICURITIBA. Estamos imensamente felizes com o resultado e certamente trabalharemos para aperfeiçoar o nosso desempenho em anos futuros”, diz a professora.