Aluguel em Curitiba sobe acima da inflação, segundo Imovelweb

Valor da locação é maior nos bairros Prado Velho, Centro Cívico e Santo Inácio

São Paulo, outubro de 2020 – O preço médio do aluguel em Curitiba ficou em R$ 1.205/mês, o que representa um aumento de 0,5% em relação a agosto. O valor é referente a um apartamento padrão (65m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem) e acumula variação positiva de 1,4% em 2020. Nos últimos 12 meses o preço do aluguel subiu 5.5%, o que significa um aumento real (acima do IPCA-15) de 2.8 pontos percentuais. Os dados fazem parte de um relatório elaborado pelo Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País.

Entre setembro de 2019 e setembro de 2020, os bairros que registraram as maiores desvalorizações foram Alto da Rua XV (R$ 1.332/mês), Tarumã (R$ 1.425/mês) e Jardim Botânico (R$ 1.200), com queda de 19,5%, 15,7% e 9,5%.

Já os que mais se valorizaram foram Santo Inácio (R$ 2.069/mês), Bom Retiro (R$ 1.627/mês) e Capão da Imbuia (R$ 1.533/mês), com aumento de 19,9%, 19,4% e 19,2%.

Segundo os dados do Imovelweb, os aluguéis mais baratos e mais caros foram registrados nos bairros abaixo:

Mais baratos (mensal) Variação mensal Variação Anual

Tatuquara (Pinheirinho)

R$ 873 -2,7% 3,6%

Barreirinha (Boa Vista)

R$ 892 1,8% -2,1%

Campo de Santana (Pinheirinho)

R$ 912 4,9% 17%
Mais caros (mensal) Variação mensal Variação Anual

Prado Velho (Matriz)

R$ 1.862 1.6% 4.4%

Centro Cívico (Matriz)

R$ 1.866 2.6% 13.9%

Santo Inácio (Santa Felicidade)

R$ 2.069 8.6% 19.9%

Preço dos imóveis sobe 0.6% em setembro e aumento acumulado em um ano chega a 3.6%

Em 2020, os preços de venda subiram 2.9%, também superando a inflação. De acordo com o Imovelweb, em setembro de 2020 o valor médio do metro quadrado em Curitiba era de R$ 4.900, 0.6% a mais do que em agosto. Dessa forma, um imóvel padrão (65m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem) fica em torno de R$ 318.500.

Os bairros que mais valorizaram no último ano foram Pilarzinho (R$ 6.064/m²), com aumento de 17,8%; Capão da Imbuia (R$ 4.582/m²), com crescimento de 16,5%; e Cabral (R$ 7.919/m²), que cresceu 14,1%.

Já os que mais se desvalorizaram foram Parolin (R$ 3.971/m²), Butiatuvinha (R$ 4.213//m²) e São João (R$ 4.366), com decréscimo de 18.1%, 11,7% e 8%.

A tabela abaixo mostra onde o metro quadrado é mais caro e mais barato em Curitiba:

Mais baratos (m²) Variação mensal Variação Anual
Cachoeira (Boa Vista) R$ 2.799 0,3% -0,1%
Augusta (Cidade Industrial de Curitiba) R$ 2.874 0,1% -1,7%
Campo de Santana (Pinheirinho) R$ 2.940 -0,2% 5,3%
Mais caros (m²) Variação mensal Variação Anual
Ahu (Matriz) R$ 8.74 0,1% 7.3%
Juvevê (Matriz) R$ 8.355 0,1% 12.4%
Bateu (Matriz) R$ 9.591 -0,3% 12,3%

Quanto ao índice de rentabilidade calculado pelo Imovelweb, o aluguel anual está em torno de 4,6% do valor do imóvel. Isso significa que são necessários 21,5 anos de aluguel para pagar o investimento da compra, tempo 2,2% a menos que o registrado em setembro de 2019.

Mais rentáveis Variação no mês Variação no ano
Lindóia 7,1% Queda Alta
Sítio Cercado 6,3% Alta Alta
Capão da Imbuia 6,2% Estabilidade Alta
Menos rentáveis Variação no mês Variação no ano
Seminário 2,5% Estabilidade Queda
Juvevê 2,6% Estabilidade Queda
Capão Raso 2,8% Estabilidade Queda

 lucianaabritta@dfreire.net.br