Congresso on-line reúne especialistas em UTI

0
332
Congresso on-line reúne especialistas em UTI

(Imagem: Pixabay)

Nos dias 12 a 14 de novembro, acontece o XXV Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva (CBMI). Inicialmente, o encontro seria realizado em Curitiba, mas em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) e atendendo às normas de distanciamento social, a edição de 2020 será totalmente on-line.

O CBMI é promovido pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), com o apoio da Sociedade de Terapia Intensiva do Paraná (Sotipa). Trata-se do maior evento de medicina intensiva da América Latina e apresenta discussões essenciais para o dia a dia nas UTIs, conduzidas por palestrantes brasileiros e internacionais. “A edição deste ano terá como tema principal a Covid-19 e abordará o trabalho realizado nas UTIs nacionais e internacionais na luta contra o novo coronavírus”, antecipa o presidente da Sotipa, Dr. Rafael Deucher.

“Estamos em um ano atípico, que requer mais disponibilidade dos médicos intensivistas, pensamos até em adiar esta edição, porém, o encontro é uma oportunidade para discorrermos e trocar informações sobre UTI e enfrentamento da Covid-19”, acrescenta Dr. Rafael.

A edição on-line será presidida pelos médicos intensivistas Dr. Hugo Urbano e Dra. Flavia Machado, membros da AMIB. Mais informações podem ser obtidas no site cbmi2020.amib.org.br .

SERVIÇO:
XXV Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva (CBMI2020) – edição on-line
Quando: 12 a 14 de novembro de 2020
Informações e inscrições: cbmi2020.amib.org.br

Mais informações:

Desenvolvimento das UTIs – A ideia teve início no século passado com a necessidade de na guerra colocar as pessoas com casos mais graves em um mesmo ambiente, no qual os enfermeiros poderiam dar mais atenção aos pacientes, mas o conceito como unidade de pacientes críticos surgiu na década de 30, quando ocorreu um surto de poliomielite e houve a necessidade de manter os pacientes em respiradores e reunidos em um local único.

Sobre a Sociedade de Terapia Intensiva do Paraná (Sotipa) – Criada em março de 1981, a Sotipa tem a finalidade de reunir indivíduos e instituições paranaenses ligadas à medicina intensiva, assim como promover o desenvolvimento científico, didático e operacional para melhoria da qualidade do atendimento prestado ao paciente grave; divulgar, entre leigos, a finalidade e propósitos das terapias intensivas e zelar pela proteção dos direitos dos doentes graves.

Sobre a Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) – Em 11 de dezembro de 1980, foi divulgada no Diário Oficial a formação da Associação Brasileira de Medicina Intensiva, que contou com a presença e adesão de médicos do Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Bahia e São Paulo.

De lá pra cá, a trajetória da AMIB tem sido marcada por muitas conquistas e, principalmente, por muitas melhorias que foram implantadas na terapia intensiva brasileira. Resultado do trabalho daqueles que abraçaram e acreditaram na especialidade. Realiza anualmente o Congressos Brasileiros de Medicina Intensiva (CBMI), o maior congresso de Medicina Intensiva da América Latina, Simpósios, Fóruns e Jornadas.

AMIB é a única associação reconhecida pela Associação Médica Brasileira (AMB) para representar e defender os interesses coletivos dos intensivistas brasileiros. Também é a única associação certificada pelos órgãos responsáveis, AMB e CFM, para aplicar a Prova de Especialista em Medicina Intensiva. A entidade é filiada WFSICCM – World Federation of Societies of Intensive and Critical Care Medicine.