Aulas de teatro possibilitam o resgate emocional durante a pandemia

Aulas de teatro possibilitam o resgate emocional durante a pandemia

A crise sanitária gerada pela Covid-19 afetou a saúde mental de grande da população. Confinamentos, distanciamento social, problemas financeiros, incertezas e preocupações com a saúde física fizeram aumentar o número de casos de estresse, depressão e ansiedade.

Nos últimos meses, muitas pessoas buscaram ajuda psicológica e psiquiátrica. Porém, também teve quem encontrou na arte uma forma de extravasar as próprias emoções e sentimentos. Em Curitiba, na academia de artes cênicas Cena Hum, a procura pelo teatro e pela dança com fins terapêuticos cresceu e auxiliou muita gente a enfrentar com mais leveza os próprios medos e dificuldades.

A explicação para isso, segundo o diretor teatral George Sada, é bastante simples. A arte mexe com os pensamentos e faz com que seus praticantes sejam obrigados a sair do lugar comum e das próprias zonas de conforto, permitindo que tudo o que foi internalizado pelo indivíduo possa ser exposto, sem preconceitos e julgamentos.

“É muito difícil lidar com a espera e a incerteza gerada pela pandemia. Mesmo que não percebam ao certo, as pessoas estão em uma situação em que estão sendo obrigadas a entender o sentido do tempo. O que existia antes não existe mais e elas não sabem o que vai acontecer no futuro. Isto, de certa forma, é muito parecido com o que acontece no fazer artístico. Na arte, trabalhamos com o aqui e o agora. Quando começamos a trabalhar, nunca sabemos exatamente aonde ela vai nos levar”, afirma.

O teatro e a dança, assim como outras manifestações artísticas, instigam ao movimento. Partindo-se do princípio de que a depressão é uma forma de estagnação do ser humano, a arte acaba contribuindo para tirar as pessoas desta realidade, rompendo com o comodismo de forma intrínseca e natural. “Através do fazer artístico é possível ressignificar o passado e o presente. A arte mexe com a amoralidade. Ela não pode coexistir com a moral e o julgamento, tornando-se libertadora. As pessoas podem estar passando por períodos de confinamento, mas a imaginação não pode ser limitada por espaços físicos”.

Por mais que nos últimos meses as aulas de interpretação estejam acontecendo, em maioria, de forma on-line, elas também ajudam a criar laços e fazer com que as pessoas se sintam menos sozinhas dentro de seus lares. Mesmo que a distância, para criar é preciso que haja troca, parceria, entendimento do outro e colaboração.

A psicóloga Sílvia Letícia é mãe de uma estudante de artes cênicas, a adolescente Lia Martins, de 14 anos, e conta como as aulas de teatro beneficiaram a menina no ano que passou. “O ano de 2020 foi atípico. Para a Lia, começou com muitos projetos e expectativas maravilhosas. Daí a pandemia chegou e tudo se estagnou. Porém, as aulas de teatro (que ela já fazia desde 2016) continuaram e,  mesmo que o contato com o professor e os colegas de turma fosse virtual, fizeram com que ela se sentisse pertencendo a um grupo com objetivos e paixões em comum”, diz. “Nos dias das aulas, a Lia se iluminava, se empolgava, se motivava. Com tantas notícias ruins no mundo todo, havia arte, magia, encontro e aprendizados. Ela parecia estar `vacinada` contra o desânimo, a desesperança e a tristeza. A arte salva! Salva a alma!”.

Sobre a Cena Hum

A Cena Hum tem 25 anos de existência na cidade de Curitiba e oferece aulas de teatro e dança para adultos e crianças, com ou sem experiência prévia. A escola está com matrículas abertas para o ano letivo de 2021, oferecendo, no primeiro semestre, cursos nas versões presencial/semipresencial e também exclusivamente on-line, sendo estas abertas a alunos de todo o país. As atividades terão início no dia 22 de fevereiro.

Na área de teatro, para crianças de 4 a 9 anos, existe o curso “Iniciação Teatral”. Para meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos, a Cena oferece o curso “Expressão Teatral”. A partir dos 16 anos, existe o “Encenação Teatral”.  Já “Teatro para Executivos” é para quem busca um diferencial no mercado de trabalho e também na vida pessoal.

Além disso, também são oferecidas aulas de canto através do “Coral Cênico” e de dança no “Balé Clássico”, sendo este com turmas para crianças de 6 a 9 anos de idade e para adultos com mais de 20 anos.

Mais informações pelo whatsapp (41) 99943-9396 ou no (41) 3333-0975.

 

 

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img