Rally Cocamar de Produtividade visita Oeste paulista

0
1252
Rally Cocamar de Produtividade visita Oeste paulista

Foto: Cocamar

Uma região do estado de São Paulo que até outubro de 2019 não produzia uma única planta de soja e atualmente já possui mais de 25 mil hectares cultivados com a oleaginosa. Esse é o Pontal do Paranapanema, no oeste paulista (praticamente divisa com o Paraná) onde a Cocamar Cooperativa Agroindustrial vem desenvolvendo uma nova fronteira para a oleaginosa em parceria com três usinas localizadas em Narandiba, Sandovalina e Teodoro Sampaio. O Rally Cocamar de Produtividade vai passar por ali nesta terça-feira (23).

Reforma – Nesses e em vários outros municípios da região as terras são destinadas à cana-de-açúcar, cultura que requer uma reforma das áreas a cada final de período de aproximadamente 5 anos para recompor a fertilidade do solo e quebrar o ciclo de pragas e doenças, de maneira a garantir um nível de produtividade adequado.

Não tinha – A soja é a cultura mais indicada para a reforma, mas essa lavoura não vinha sendo praticada na região por falta de um histórico e também porque as indústrias não pretendiam sair do foco de suas atividades, que é a produção de cana. Elas não queriam, também, lidar com arrendatários.

Sinergia – Quando a Cocamar, ainda no começo de 2019, oficializou a proposta de uma parceria à usina Cocal, sediada em Paraguaçu Paulista e com filial em Narandiba, houve total sinergia, conforme conta o gerente de negócios Marco Antônio de Paula, que idealizou o arranjo. A cooperativa propôs arrendar terras da Cocal e repassar a seus cooperados, cumprindo assim a função social de gerar mais renda a eles. Para isso, ficaria responsável pela gestão do arrendamento, o fornecimento dos insumos, a recepção da safra e, para completar, colocaria equipe técnica para prestar apoio agronômico.  

Bom negócio – “Não tivemos dúvida que a parceria seria um bom negócio para todos”, frisou o diretor-superintendente da usina, Paulo Adalberto Zanetti. A experiência começou em sistema de meiosi na cana, com total de 5,2 mil hectares repartidos entre 19 produtores na safra 2019/20.

Bom desempenho – “Deu tudo certo, as lavouras apresentaram bom desempenho e todos ficamos satisfeitos com os resultados”, comenta de Paula, lembrando que havia a preocupação de que o solo arenoso e o clima quente do Pontal impusessem limitações à soja.

Quintuplicou – O inovador formato do programa despertou o interesse de outras duas usinas na atual temporada 2020/21 e somando a expansão de área promovida pela Cocal, a área mais que quintuplicou de um ano para outro, passando de 25 mil hectares, distribuídos para uma centena de produtores. O crescimento se deu em espaços cultivados pela cana, mas com um desdobramento da iniciativa, também, para a reforma de pastagens degradadas no Pontal e no vizinho Mato Grosso do Sul.

Números – “A expansão vai continuar fortemente nos próximos anos”, afirma o gerente de negócios, lembrando que enquanto na primeira safra foram originadas 15 mil toneladas de soja, nesta a projeção é de 70 mil. “O programa é importante, também, para fortalecer a economia dos municípios”, observa.

Detalhes – Segundo de Paula, conversações estão sendo mantidas com diversas outras usinas, visando o ciclo 2021/22. Elas arrendam as terras à cooperativa e as entregam adubadas, prontas para a semeadura da soja. Selecionados, os produtores são experientes e enxergam no programa a oportunidade de ampliar suas áreas de cultivo. Para isso, contam também com um seguro customizado oferecido pela Cocamar e só a partir de determinado patamar de produtividade é que começam a pagar um percentual de participação à usina.

Mirante – Atualmente as entregas de soja são feitas pelos produtores nas estruturas da cooperativa em Iepê e Cruzália, mas a partir do ano que vem eles passam a contar, também, com a unidade que está sendo construída em Mirante do Paranapanema, um município com localização estratégica que deve fortalecer ainda mais o programa.

O Rally 

O Rally Cocamar de Produtividade tem como patrocinadores: Basf, Fertilizantes Viridian, Fairfax do Brasil Seguros Corporativos, Sicredi União PR/SP e Zacarias Chevrolet (principais), Cocamar Máquinas, Texaco Lubrificantes, Cocamar Irrigação, Estratégia Ambiental, Zoetis e Nutrição Animal Cocamar (institucionais). A realização conta com o apoio da Aprosoja/PR, Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb) e Cooperativa Unicampo.

Fonte: Cocamar