Ambulantes impulsionam consumo de indulgência fora do lar em 2020

É o que mostra a mais nova edição do estudo Consumer Insights, da Kantar

Ambulantes impulsionam consumo de indulgência fora do lar em 2020
Foto de Hugo Heimendinger no Pexels

Não é novidade que a pandemia e as medidas de isolamento impactaram o consumo fora do lar no mundo todo. No Brasil, porém, os ambulantes se mostraram como saída para hábitos de indulgência na alimentação, ou seja, a busca pelo prazer ou pelo que é diferente. É o que indica a mais nova edição do estudo Consumer Insights, produzido pela Kantar, líder em dados, insights e consultoria.

De março a dezembro de 2020, em comparação com o mesmo período do ano anterior, houve 20,2 milhões de ocasiões de compra a mais de salgadinhos em pacotes em ambulantes. Já para chocolates, eles foram responsáveis por promover mais de 12,9 milhões de ocasiões de compras versus o ano passado.

Para se ter uma ideia, no total de todos os canais de consumo fora do lar, as variações foram de 30,6 e 5,8 milhões, respectivamente.

Considerando todo o Brasil, o grande destaque foi a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, onde o número de ocasiões de compras com ambulantes cresceu 23,7%, também influenciado por salgadinhos e chocolates.

Outros produtos com variações positivas graças aos ambulantes foram sucos prontos (2 milhões de novas ocasiões nos 10 últimos meses de 2020 versus o mesmo período de 2019), leites saborizados (1,5 milhão), iogurte (1,3 milhão) e água de coco (1 milhão).

O estudo Consumer Insights avaliou 2.370 individuos das regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife e Fortaleza, que estatisticamente representam representa 46,4 milhões de indivíduos no Brasil.

Mais informações em www.kantar.com/worldpanel

ÚLTIMAS NOTÍCIAS