Os cuidados com a saúde feminina antes e após a menopausa

Ginecologista orienta quando e por quais motivos as mulheres devem procurar auxílio médico

Quando se deve levar uma adolescente ao ginecologista, quando iniciar exames periódicos, após o climatério se deve continuar fazendo exames para investigar câncer do colo do útero? Essas e outras questões fazem parte da rotina de saúde da vida da mulher. A ginecologista do Hospital Novaclínica, Dra. Clarissa Thiesen Honaiser Toderke (CRM 27711) explica quando e por quais motivos as mulheres devem procurar um auxílio médico.

Quando as meninas devem ser encaminhadas para a primeira consulta ao ginecologista?
A primeira consulta ginecológica está recomendada no início da adolescência, antes mesmo da primeira menstruação. Esse primeiro encontro pode servir apenas para o início do vínculo entre o médico ginecologista e a paciente, será apenas uma conversa, talvez um exame físico nada invasivo e um importante momento para tirar dúvidas e aprender os cuidados com seu corpo desde cedo.

Que tipos de exames e acompanhamentos devem ocorrer quando inicia o ciclo menstrual?
Após a primeira menstruação os ciclos menstruais são geralmente anovulatórios e irregulares, podendo isso ocorrer por até três anos e não ser motivo de preocupação. No entanto, se as menstruações virem associadas a cólicas intensas ou fluxo acima do normal, o ginecologista poderá solicitar exames de sangue e uma ecografia para ajudar na avaliação.

E quando começa a vida sexual, quais os procedimentos necessários?
O início da vida sexual é um importante marco da vida da mulher, nenhum exame é necessário antes da sua iniciação. Mas aqui vale ressaltar a necessidade do acompanhamento ginecológico prévio onde o médico ginecologista vai reafirmar a importância do uso do preservativo, ensinar a utilizá-lo de maneira adequada e ajudar a menina a prevenir tanto a aquisição de uma IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis) como de uma gestação não planejada. Porém, se a relação já aconteceu e foi desprotegida alguns exames para investigação de infecções sexualmente transmissíveis podem ser solicitados.

Quando as mulheres devem começar as fazer exames como o Papanicolau e exames pélvicos? E o preventivo de câncer?
De modo geral o método de rastreamento do câncer do colo do útero no Brasil é o exame Papanicolaou, que deve ser realizado entre 25 e 64 anos nas mulheres que já tiveram atividade sexual. A rotina recomendada para o rastreamento no país é a repetição do exame a cada três anos, após dois exames normais consecutivos realizados com um intervalo de um ano. Em alguns casos isolados, essa conduta pode ser individualizada conforme avaliação do ginecologista.

A partir de qual idade é importante realizar exames de saúde geral, como uma espécie de check-up?
A consulta ginecológica deve ter intervalo anual, através da consulta o médico irá avaliar quais os exames necessários para investigação e prevenção das doenças mais comuns. Cada paciente deve ser individualizada levando-se em consideração seus fatores de risco, sua história familiar e seus hábitos de vida.

Quando se deve começar a fazer mamografia e qual a periodicidade? Há casos especiais em que se deve fazer antes do convencional?
A Sociedade Brasileira de Mastologia e a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia recomendam realizar mamografia anual para as mulheres a partir dos 40 anos de idade. Já o Ministério da Saúde preconiza o rastreamento mamográfico a cada dois anos em mulheres entre 50 e 69 anos. As situações diferentes desse intervalo devem ser avaliadas individualmente considerando os fatores de risco.

Exames relacionados à menopausa devem começar em qual idade?
A menopausa na mulher brasileira se dá por volta dos 48 aos 52 anos de idade. Após a menopausa, a mulher deve permanecer realizando os exames de rastreamento para câncer de mama e colo uterino e dar atenção especial a parte cardiovascular, que representa a principal causa de morte nesse grupo etário, com a intensificação do controle dos níveis de colesterol, diabetes e estímulo a hábitos saudáveis. Quando pensamos em osteoporose, como consequência da menopausa, a densitometria óssea está indicada para mulheres acima dos 65 anos. Antes disso, deve ser realizada em qualquer mulher adulta que apresente fatores de risco.

Quando há indicativos de câncer, problemas cardíacos e outros na família, a partir de qual idade as mulheres devem começar a se cuidar?
Devemos nos cuidar sempre. Na Medicina existem diversas doenças com característica de transmissão genética. Na ginecologia, a principal delas são os cânceres de mama e ovário. Protocolarmente os exames de rastreio devem ser iniciados pelo menos dez anos antes do caso familiar, por exemplo, se a mãe teve câncer de mama aos 40 anos, a filha deve iniciar seu rastreamento a partir dos 30 anos.

Há uma periodicidade para fazer exames como análise geral do sangue, glicemia e outros?
O exame de investigação de diabetes, em mulheres assintomáticas e sem fatores de riscos, deve começar aos 45 anos e se o resultado for normal, deve-se repetir o procedimento com intervalo de pelo menos três anos.

As diretrizes recomendam que adultos com idade superior a 20 anos façam a dosagem dos exames de colesterol pelo menos a cada quatro a seis anos. Já a dosagem de TSH (hormônio tireoestimulante) está recomendada a cada cinco anos a partir de 35 anos.

 

Sobre o Hospital Novaclínica
Fundado em 1977, o Hospital Novaclínica é um hospital geral, localizado em São José dos Pinhais. Possui ainda um Bloco de consultórios, oferecendo à população atendimento ambulatorial multiespecialidades, vários serviços de apoio diagnóstico e terapêutico e pronto atendimento 24 horas. Mais informações pelo: www.hnovaclinica.com.br.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS