Aldo Solar atinge 135 mil geradores solares vendidos com 30% de participação no mercado

Mercado de geração distribuída atinge 5,5 GW em potência instalada com Aldo Solar como destaque.

Apenas em 2020, foram vendidos 52.199 geradores de energia solar, o que significa que a Aldo já comercializou 135 mil geradores.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o uso de energia solar como fonte de energia elétrica para empresas e residências ocupa a sétima posição em opções de fontes de energia no Brasil atualmente, representando 1,7% da matriz energética brasileira.

No entanto, o segmento de energia solar no Brasil cresce exponencialmente e tem sido um dos principais catalisadores na retomada econômica do país. Para se ter uma ideia, somente em 2020, o segmento de geração distribuída solar foi responsável pela atração de R$ 11 bilhões em investimentos ao Brasil.

Além disso, a energia solar gerou mais de 75 mil novos empregos e mais renda a trabalhadores espalhados por todo o território nacional, em um dos momentos mais críticos da economia do País.

Consumidores residenciais lideram a adoção à energia solar

Os consumidores residenciais estão liderando o quesito adesão à energia solar, representando 38,9% da potência instalada no país. Na sequência verificamos o setor de serviços e comércio com 37,8%, o rural com 13,2%, indústrias com 8,8% e o poder público com 1,2%. Em seguida, estão os serviços públicos, com 0,1% e iluminação pública com 0,02%.

Isso significa aproximadamente 500 mil unidades consumidoras recebendo créditos de energia gerados em mais de 457 mil sistemas conectados à rede. São unidades que contribuem com sustentabilidade e economia para toda a sociedade. Essa tecnologia já está presente em mais de 5 mil cidades em todos os estados do Brasil.

Crescimento e retomada da economia

“Chegar a marca de 135 mil geradores vendidos é motivo de grande alegria, já que o setor de energia solar fotovoltaica é dos principais catalizadores da retomada da economia. Agradecemos a toda comunidade de revendas e instaladores que nos prestigiam. E, claro, aos consumidores que acreditam na sustentabilidade e na possibilidade de gerar sua própria energia”, explica Aldo Pereira Teixeira, fundador presidente da ALDO Solar.

Resultados da Aldo Solar em 2020

O ano passado foi desafiador em diversos sentidos, sobretudo no que se refere à pandemia do coronavírus. Ao mesmo tempo, tivemos problemas de abastecimento na China, dólar subindo e problemas logísticos relacionados ao frete internacional. Mesmo assim a Aldo Solar apresentou resultados expressivos, com 21% de crescimento e um aumento de 25% em vendas de geradores fotovoltaicos. Com isso, apenas em 2020, foram vendidos 52.199 geradores de energia solar, o que significa que a Aldo já comercializou 135 mil geradores.

Crescimento da Aldo Solar

A Aldo chega aos 40 anos em 2022 sentindo que conseguiu unir a vitalidade de uma criança e a sabedoria de um adulto. A empresa traçou objetivos ousados para este ano e planeja crescer 100% em relação a 2020, além de faturar mais de R$ 3 bilhões e atingir 2,4 GW de potência instalada, enquanto a previsão de mercado é de 8 GW, segundo dados da ABSOLAR.

Previsões animadoras

De acordo com dados da ABSOLAR, cada 1GW de potência instalada é capaz de gerar mais de 30.000 novos empregos em toda a cadeia produtiva. Já a Aldo estima mais de R$ 4,5 bilhões em investimentos privados distribuídos entre seus 13.000 revendedores espalhados por todo o Brasil. “Assim, o crescimento e o reconhecimento do mercado só corroboram nossa missão de apoiar a energia solar no país”, comemora o executivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui