Requisição de falências crescem 58,3% em março, revela Serasa Experian

Foram feitas 95 solicitações no período; setor de Serviços se destaca com maior volume de pedidos

Em março de 2021, foram feitos 95 pedidos de falências no país, um aumento de 58,3% com relação ao mesmo mês do ano passado. Esta alta foi impulsionada por empresas de Serviços, seguidas por Indústria e Comércio. Ao analisar a variação mensal, o crescimento foi de 13,1%. Veja abaixo:

 Requisição de falências crescem 58,3% em março, revela Serasa Experian

 

O economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, comenta que o dado acompanha o crescimento da inadimplência das empresas, indicativo das dificuldades enfrentadas durante a pandemia. “Muitos negócios não conseguiram se manter neste período de distanciamento social e acabaram recorrendo ao pedido de falências para quitar as dívidas com os credores. O grande volume em Serviços é um reflexo do fechamento de restaurantes, cinemas, teatros e outras atividades por conta da pandemia”, comenta. Na análise por porte, as microempresas continuam à frente (46) das médias (27) e grandes (22).

Na contramão destes números estão as requisições de recuperação judicial, com queda nos dois comparativos. Na análise anual, a redução foi de 4,9%. Já no comparativo entre março e fevereiro deste ano, a variação negativa foi de 13,3%.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Assine a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui